sexta-feira, setembro 16, 2011

O LUAR EM ALTER DO CHÃO...

Lá do alto, por sobre a copa da mangueira da praça, a lua aprecia a festa
e a concorrência das luzes artificiais


Lua dos encantos...
Parceira da solidão.
Lua  dos amores e devaneios.

Lua!
Inspiração de rimas e poemas
Versos, canções.
Testemunha de casos  proibidos...


Lua que traz  saudade.
Lua que leva saudade...
Lua (in) constante de noites vazias.


Lua de Alter do Chão...
Musa  iluminada sobre a  praia.


Lua!
Luminária natural...
A  clarear  promessas dos amores em meio a noites escuras.


Luar em Alter do Chão...
Ilha do amor.
Sexo escondido, gemidos contidos...


Enquanto do alto 
A Lua linda e reluzente
Inspira a imaginação, aguça a emoção...
Enquanto a madrugada não chega
A lua soberana espelha-se no Tapajós.
Jorra  luz, encantamento.
Despertando vontade de amar.
 Fantasias.
 Desejos.

Casais se escondem arredios
Em busca de algum lugar escondido...
Enquanto  do alto da imensidão...
A Lua aprecia tudo em silêncio...


Ah, Lua...
Quantos segredos guardas contigo escondidos?
No Luar de Alter do Chão?
Quantos?



Socorro Carvalho
Foto: Blog do Manuel Dutra


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens em destaque

AH, ESSE AMOR!! AH, ESSE APEGO...

Ela tinha nos olhos um vislumbrar de esperança e no coração sentimentos inesquecíveis. Nas horas tristes escrevia novos versos. Li...