sexta-feira, outubro 07, 2011

SE TU VIESSES VER-ME HOJE À TARDINHA


 Se tu viesses ver-me hoje à tardinha,
A essa hora dos mágicos cansaços,
Quando a noite de manso se avizinha,
E me prendesses toda nos teus braços... 

Quando me lembra: esse sabor que tinha
A tua boca... o eco dos teus passos...
 O teu riso de fonte... os teus abraços...
Os teus beijos... a tua mão na minha...

 Se tu viesses quando, linda e louca,
Traça as linhas dulcíssimas dum beijo
E é de seda vermelha e canta e ri

  E é como um cravo ao sol a minha boca...
Quando os olhos se me cerram de desejo...
 E os meus braços se estendem para ti...


Florbela Espanca



Um comentário:

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens em destaque

DANIELLE LIMA!! PARA VOCÊ, UMA CARTA DO MEU CORAÇÃO... FELIZ ANIVERSÁRIO!!!

Querida filha, Danielle Katrine Hoje, pensei em te fazer um poema!! Rimar versos para te falar do meu amor... Mas como poetizar,...