quinta-feira, dezembro 22, 2011

DESPEDIDA...


Despeço-me das lembranças.
A poesia   vai repousar nas entrelinhas da amplidão.
O olhar ocultará antigos desejos... segredos.
Enquanto os pensamentos
Já não falarão de saudade.
Do outro lado da porta...
Abandono agora  os devaneios.
Versos esquecidos.
Rascunhos ignorados.
Escolha feita.
O tempo não é mais o mesmo.
Nada mais tem sentido...
Só existe a distância.
O amor para sempre?
Adormecerá no íntimo...
Fecharei os olhos para seguir.
Sem olhar para traz
Rumarei ao horizonte escolhido.
Os meus caminhos e passos?
Não  mais o importarão.
Minha  boca cessará  seus beijos, seu nome.
Enquanto meus caminhos seguem  paralelos ao seu.
A vida segue indiferente.
Eu sigo sozinha
Em sentido contrário ao seu caminhar.
Preciso calar esse sentimento...
Desisto do seu coração.
Não posso mais insistir em amar você.
Não se preocupe.
O tempo vai cicatrizar
Essa ferida do peito meu.

Socorro Carvalho






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens em destaque

DANIELLE LIMA!! PARA VOCÊ, UMA CARTA DO MEU CORAÇÃO... FELIZ ANIVERSÁRIO!!!

Querida filha, Danielle Katrine Hoje, pensei em te fazer um poema!! Rimar versos para te falar do meu amor... Mas como poetizar,...