quarta-feira, dezembro 14, 2011

Pe. ALAELSON!!! FELICIDADES!!!


Pe. Alaelson!!

Hoje, neste dia especial, trago pra você  de presente... 
O por do sol.
Uma das poesias  que Deus  escreve todos os dias diante de nós.
A você, um ser  super especial!
Dedico com  todo carinho versos de Deus.
Expressos em cada entardecer, em cada amanhecer...
Para que assim possa  ter sempre cada vez mais a certeza
De que  a presença de Deus é constante junto de você.
Sou grata pela  sua amizade e carinho.
E sou grata  hoje e todos os dias pelo dom da vida e da sua existência.

Parabéns!! Felicidades!!

Grande abraço


Socorro Carvalho





SOL DE UM NOVO TEMPO...


O sol de um novo tempo já brilhou sobre nós
E não há como esconder os raios de esperança
que aquecem nossos sonhos de liberdade.
Essa luz nos uniu num sentimento,
num amor comum, num ideal
Nos fez sangue do mesmo sangue e gerou em nós
a força dos vencedores.
Salve o Tapajós!
Salve o Carajás!

Por: Lucineide Pinheiro
Em: 10.12.2011




DEDILHAR DE ÊXTASE

Na minha pele o aroma de desejo
Despe a imaginação.
Um cheiro de cio
Sinto-me exalar em segredo...
Dedos percorrem   meu corpo inteiro.
Delicada encontro segredos.
Grutas, labirintos, mistérios.
Fonte de prazer.
Fonte de beber.
Mel  do  querer  a fluir  de mim
Adoçando  o desejo a se expelir.
A imaginação viaja.
Encontra você ( na ficção)
Sua língua , seu delírio
Agilizam   o passeio de minhas mãos
Entre gestos sacanas
Cada toque   me faz murmurar delírios e desejos.
No corpo nu
Meus dedos loucos se perdem, se acham...
Encaixam-me   no ardor da  saudade.
Desejos, devaneios.
Urros , gritos.
Silencio meu êxtase.
Na maestria dos  toques.
Eternizo  minha  loucura devassa
E num dedilhar  insano
Sou gozo.
No vai e vem dos meus  dedos.


Socorro Carvalho




NOTA DE REPÚDIO


O Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Radiodifusão e Televisão de Santarém, mas conhecido como Sindicato dos Radialistas, vem a público manifestar o seu repúdio a infeliz atitude do Excelentíssimo Senhor Vice-Governador do Pará, Helenilson Pontes, diante de um processo que possibilitaria a redivisão territorial como forma de contribuir com o desenvolvimento da nossa região tão esquecida e abandonada pelo governo do Pará.
Triste e envergonhada! É assim que se sente a população de Santarém e região Oeste, com a atitude do vice-governador do Pará, senhor Helenilson Pontes. Ele com essa atitude prejudicou gravemente um processo histórico para o Pará e inédito para o Brasil. Tratava-se de um sonho antigo da população que sempre viveu dos restos dos recursos que são destinados a nossa região para investimentos e que em muitos casos são desviados por políticos corruptos e devassos.
                Com essa prática de omissão à emancipação do Pará, senhor Helenilson Pontes, decidiu contribuir com este retrocesso administrativo e político da nossa região. Ele preferiu se aliar aos contrários à criação dos Estados de Tapajós e Carajás, mas o mesmo será observado com desconfiança uma vez que já não se pode acreditar nos discursos proferido por ele, porque se desvia de uma luta histórica e segue rumo oposto aos que o povo defende.
O Vice Governador ao criar um relacionamento prazeroso com a elite do Estado do Pará, ele provocou uma reação de “Persona non grata” às aspirações do nosso povo tapajoara.
Para quem não se lembra, o Vice Governador é filho de Santarém e foi contra o SIM, foi contra a nossa região, foi contra a nossa valorização, foi contra o nosso desenvolvimento e foi contra você, ele optou por ficar com a mesmice, do lado da elite de exploradores sediados na capital, da qual somos vítimas de um cristalino ataque a nossa honra e a nossa dignidade.
                “Queremos líderes políticos de caráter, com grande idealismo humano e que tenha a consciência de que a representação pública implica em dedicação, compromisso e respeito pelos outros. O senhor Helenilson Pontes parece não saber disso!
                As oportunidades de mudanças vão continuar,não vamos parar!

Sindicato dos Radialistas de Santarém
Augusto Sousa - Presidente


Postagens em destaque

Maria Maria

Maria, Da lua Herdastes brilho e serenidade. Do sol Juntastes calor e esperança. Doce Maria! De encanto, de amor. Suave como a b...