quarta-feira, dezembro 14, 2011

DEDILHAR DE ÊXTASE

Na minha pele o aroma de desejo
Despe a imaginação.
Um cheiro de cio
Sinto-me exalar em segredo...
Dedos percorrem   meu corpo inteiro.
Delicada encontro segredos.
Grutas, labirintos, mistérios.
Fonte de prazer.
Fonte de beber.
Mel  do  querer  a fluir  de mim
Adoçando  o desejo a se expelir.
A imaginação viaja.
Encontra você ( na ficção)
Sua língua , seu delírio
Agilizam   o passeio de minhas mãos
Entre gestos sacanas
Cada toque   me faz murmurar delírios e desejos.
No corpo nu
Meus dedos loucos se perdem, se acham...
Encaixam-me   no ardor da  saudade.
Desejos, devaneios.
Urros , gritos.
Silencio meu êxtase.
Na maestria dos  toques.
Eternizo  minha  loucura devassa
E num dedilhar  insano
Sou gozo.
No vai e vem dos meus  dedos.


Socorro Carvalho




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens em destaque

DANIELLE LIMA!! PARA VOCÊ, UMA CARTA DO MEU CORAÇÃO... FELIZ ANIVERSÁRIO!!!

Querida filha, Danielle Katrine Hoje, pensei em te fazer um poema!! Rimar versos para te falar do meu amor... Mas como poetizar,...