sexta-feira, janeiro 13, 2012

ENIGMA?



A noite quase finda e o sono não vem... A insônia domina os espaços, traz  tua  doce presença  dentro da escuridão da noite. Pensamentos flutuam por  caminhos, em meio as recordações, momentos vividos  entre os segredos contidos. Quantos poemas, versos, rimas se materializaram na poesia, narraram esse sentir inesquecível.


A noite vai passando ociosa e o sono não vem. Perdida nos devaneios a tua presença chega para ornamentar doces recordações. Fecho os olhos tento fugir. Calar esse sentir. Tentativas inúteis. As lembranças se agasalham no peito dolorido, ferido, magoado. E insistentes, não querem sair.


As horas passam e o sono não vem. A madrugada chega trazendo na imaginação  murmúrios e palavras do nosso último encontro. O sabor ainda está em mim. No entanto preciso abolir a ilusão. O amor adoeceu, em meio as palavras ditas na hora errada. Preciso ir, seguir, deixar de pensar em ti. Mais em meio a esse amontoado de sensações apenas te quero aqui, dentro de mim.


Quantos versos lindos  te dediquei , quantos poemas escrevi   em  homenagem a ti  que só enchia de luz e encanto meu coração. Hoje fecho os olhos para fugir. Fugir do sentir que já não pode mais viver em mim. 

Sem sono, levanto, ando pela casa na tentativa de encontrar  respostas a perguntas que talvez nem quero mais  escutar.A doçura do meu amor ainda está em  mim, está em tudo que  deixastes  dentro dessa saudade, que não passa...

O calor do teu abraço, a malícia das tua mãos, o sabor dos  teu beijos, o fulgor do teu  olhar me desnudando o  corpo inteiro, em segredo. Tudo ainda  está aqui guardado dentro do meu peito. O murmúrio louco da tua   voz ofegante,  sussurrando  loucuras no ápice dos delírios e desejo, tudo ainda está a ecoar em meus ouvidos.

No labor  dos desejos a pele  molhada de suor se misturava ao aroma do teu  cheiro.  E de repente,  no vai e vem de nossos corpos sentimo-nos    nutrir de prazer e emoção... Corpos consumados. Olhares compenetrados pelo   querer ardente que  unia nossos olhos em meio as frases  de amor.


A noite vai passando... E o sono não vem. Enquanto as lembranças infindas passeiam em meus devaneios... Tu és a mistura de loucura e fascínio  que se misturam na magia, na tônica desse louco querer  ... 

Enigma? Não sei dizer. 

 As horas vão passando. O dia amanhece. Ao meu redor a paisagem está triste e  pálida. Mesmo assim,  tenho de seguir pois o  tempo é veloz e me sentencia  a te esquecer.



Socorro Carvalho



" O momento mais triste na vida é quando sabemos que um amor precisa morrer e não temos forças para matá-lo "... ufaaa!! 

Um comentário:

  1. Anônimo3:38 AM

    Nossa...só quem tem um amor impossivel pode entender o que isso significa. Eu entendo perfeitamente.
    Lindo demais!!
    Parabéns amiga!!
    Bravooooooo!!!! (de pé)
    Rosangela

    ResponderExcluir

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens em destaque

Chuva que rega saudade...

O dia amanheceu chovendo. Passou nublado. A tarde chegou com um tímido  sol .  Ao meu redor,  vejo rastros de saudade a penetrar me...