segunda-feira, janeiro 23, 2012

POEMA... POR PAULO PAIXÃO



O campo repleto de vida, flores, insetos e cores,
Naquele dia, chegou ao seu auge de esplendores...
Dois seres, dois amores, se completando na grama,
Rolando, se despindo, sussurrando, se afogando...
As flores se abriram e emanaram olores e uma nuvem
Escura encobriu o céu no justo momento em que
Ofegávamos de prazer e depois o desvanecer

(Paulo Paixão)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens em destaque

AH, ESSE AMOR!! AH, ESSE APEGO...

Ela tinha nos olhos um vislumbrar de esperança e no coração sentimentos inesquecíveis. Nas horas tristes escrevia novos versos. Li...