quinta-feira, junho 28, 2012

O TEMPO




Um raio passou e num instante despedaçou meu coração,
Muitos acontecimentos ao longo dos anos me deixaram como o vento que sopra,
Sem destino,
Estrelas continuam pendentes neste céu de ilusão,
Que foi tudo que restou,

Derepente um novo mundo se apresentou,
E num piscar de olhos vi a própria dor, tão nítida como a face da lua triste,
Como um anjo eu só quis dar todo meu amor,
Tudo em vão!
Talvez eu tenha insistido demais e assim...

Numa manhã chuvosa se pode descobrir todo o mundo,
Mas a loucura pode estar muito mais perto do que pensamos,
Um refúgio a dias sombrios sozinha sob as cobertas saboreio o silêncio total,
Vazia mas íntegra pela minha pessoa embora,
Crises aconteçam…

E eu vou me transformando com o tempo que não pára, seguindo…
Gravada em cada página  desta vida,
Não querendo  apressar o mundo…
Indo somente respirando um dia após o outro, lentamente,
E  feliz consigo mesma.
                                                                                  Rosi Sobotková
                                                                                  Praga, 26.05.2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens em destaque

DANIELLE LIMA!! PARA VOCÊ, UMA CARTA DO MEU CORAÇÃO... FELIZ ANIVERSÁRIO!!!

Querida filha, Danielle Katrine Hoje, pensei em te fazer um poema!! Rimar versos para te falar do meu amor... Mas como poetizar,...