sexta-feira, janeiro 13, 2012

ENIGMA?



A noite quase finda e o sono não vem... A insônia domina os espaços, traz  tua  doce presença  dentro da escuridão da noite. Pensamentos flutuam por  caminhos, em meio as recordações, momentos vividos  entre os segredos contidos. Quantos poemas, versos, rimas se materializaram na poesia, narraram esse sentir inesquecível.


A noite vai passando ociosa e o sono não vem. Perdida nos devaneios a tua presença chega para ornamentar doces recordações. Fecho os olhos tento fugir. Calar esse sentir. Tentativas inúteis. As lembranças se agasalham no peito dolorido, ferido, magoado. E insistentes, não querem sair.


As horas passam e o sono não vem. A madrugada chega trazendo na imaginação  murmúrios e palavras do nosso último encontro. O sabor ainda está em mim. No entanto preciso abolir a ilusão. O amor adoeceu, em meio as palavras ditas na hora errada. Preciso ir, seguir, deixar de pensar em ti. Mais em meio a esse amontoado de sensações apenas te quero aqui, dentro de mim.


Quantos versos lindos  te dediquei , quantos poemas escrevi   em  homenagem a ti  que só enchia de luz e encanto meu coração. Hoje fecho os olhos para fugir. Fugir do sentir que já não pode mais viver em mim. 

Sem sono, levanto, ando pela casa na tentativa de encontrar  respostas a perguntas que talvez nem quero mais  escutar.A doçura do meu amor ainda está em  mim, está em tudo que  deixastes  dentro dessa saudade, que não passa...

O calor do teu abraço, a malícia das tua mãos, o sabor dos  teu beijos, o fulgor do teu  olhar me desnudando o  corpo inteiro, em segredo. Tudo ainda  está aqui guardado dentro do meu peito. O murmúrio louco da tua   voz ofegante,  sussurrando  loucuras no ápice dos delírios e desejo, tudo ainda está a ecoar em meus ouvidos.

No labor  dos desejos a pele  molhada de suor se misturava ao aroma do teu  cheiro.  E de repente,  no vai e vem de nossos corpos sentimo-nos    nutrir de prazer e emoção... Corpos consumados. Olhares compenetrados pelo   querer ardente que  unia nossos olhos em meio as frases  de amor.


A noite vai passando... E o sono não vem. Enquanto as lembranças infindas passeiam em meus devaneios... Tu és a mistura de loucura e fascínio  que se misturam na magia, na tônica desse louco querer  ... 

Enigma? Não sei dizer. 

 As horas vão passando. O dia amanhece. Ao meu redor a paisagem está triste e  pálida. Mesmo assim,  tenho de seguir pois o  tempo é veloz e me sentencia  a te esquecer.



Socorro Carvalho



" O momento mais triste na vida é quando sabemos que um amor precisa morrer e não temos forças para matá-lo "... ufaaa!! 

QUERO...


Quero tudo novo de novo. Quero não sentir medo. Quero me entregar mais, me jogar mais, amar mais.
Viajar até cansar. Quero sair pelo mundo. Quero fins de semana de praia. Aproveitar os amigos e abraçá-los mais. Quero ver mais filmes e comer mais pipoca, ler mais. Sair mais.



Quero um trabalho novo. Quero não me atrasar tanto, nem me preocupar tanto. Quero morar sozinha, quero ter momentos de paz. Quero dançar mais. Comer mais brigadeiro de panela, acordar mais cedo e economizar mais. Sorrir mais, chorar menos e ajudar mais. Pensar mais e pensar menos. Andar mais de bicicleta. Ir mais vezes ao parque. Quero ser feliz, quero sossego, quero outra tatuagem.


 Quero me olhar mais. Cortar mais os cabelos. Tomar mais sol e mais banho de chuva. Preciso me concentrar mais, delirar mais. Não quero esperar mais, quero fazer mais, suar mais, cantar mais e mais. Quero conhecer mais pessoas. 


Quero olhar para frente e só o necessário para trás. Quero olhar nos olhos do que fez sofrer e sorrir e abraçar, sem mágoa. Quero pedir menos desculpas, sentir menos culpa. Quero mais chão, pouco vão e mais bolinhas de sabão. 


Quero aceitar menos, indagar mais, ousar mais. Experimentar mais. Quero menos “mas”. Quero não sentir tanta saudade. Quero mais e tudo o mais.
“E o resto que venha se vier, ou tiver que vir, ou não venha".


Fernando Pessoa




HILDA ARAÚJO E RONNIE DANTAS

Ilda Araújo e Ronnie Dantas - o casal   mais apaixonado do Face book

O Amor Antigo

O amor antigo vive de si mesmo,
não de cultivo alheio ou de presença.
Nada exige nem pede. Nada espera,
mas do destino vão nega a sentença.

O amor antigo tem raízes fundas,
feitas de sofrimento e de beleza.
Por aquelas mergulha no infinito,
e por estas suplanta a natureza.

Se em toda a parte o tempo desmorona
aquilo que foi grande e deslumbrante,
o antigo amor, porém, nunca fenece
e a cada dia surge mais amante.

Mais ardente, mas pobre de esperança.
Mais triste? Não. Ele venceu a dor,
e resplandece no seu canto obscuro,
tanto mais velho quanto mais amor.

Carlos Drummond de Andrade, in 'Amar se Aprende Amando'



FOTO DE DILMA 'TRANSPASSADA' POR ESPADA VENCE PRÊMIO INTERNACIONAL

Foto vencedora do Prêmio Internacional de Jornalismo Rei da Espanha (Foto: Wilton Júnior/AE)

Imagem curiosa da presidente em ato militar representou momento político. Wilton Júnior, da Agência Estado, recebeu prêmio Rei da Espanha.

Uma imagem em que a presidente Dilma Rousseff parece ser transpassada por uma espada de um militar em uma cerimônia oficial foi anunciada esta semana como a vencedora do Prêmio Internacional de Jornalismo Rei da Espanha na categoria Fotografia.


Feita pelo fotógrafo Wilton de Sousa Júnior, da Agência Estado, a foto foi publicada no jornal "O Estado de S.Paulo" em 21 de agosto de 2011 e no dia 31 do mesmo mês na revista "Veja", que a escolheu como "imagem da semana".


O registro foi feito durante a cerimônia de entrega de espadins a 441 cadetes na Academia Militar das Agulhas Negras, em Resende, no sul fluminense, dias depois de Dilma ter perdido seu quinto ministro em menos de oito meses de Governo, quatro deles envolvidos em acusações de corrupção.
saiba mais


Wilton Júnior explicou à agência EFE, uma das organizadoras do prêmio, que pretendia fazer uma fotografia da espada antes da cerimônia da Academia Militar, acreditando que a imagem poderia traduzir uma "imagem política muito forte".


O júri da 29ª edição da premiação, promovido anualmente pela EFE e a Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento (AECID), avaliou "principalmente a habilidade do fotógrafo para captar um instante de perfeita sincronia cujo resultado causa surpresa".
O valor do Prêmio Internacional de Jornalismo Rei da Espanha na categoria de fotografia supera US$ 7,6 mil.





Fonte: G1

BANCO DA AMAZÔNIA LANÇA PRÊMIO DE ARTES VISUAIS - EDIÇÃO 2012



O Prêmio Banco da Amazônia de Artes Visuais – Edição 2012, do  Banco da Amazônia  será lançado no próximo  dia 23 de janeiro de 2012.

O Prêmio visa a ocupação do Espaço Cultural  do Banco com pautas de exposições no período de maio de 2012 a janeiro de 2013. Para o certame a instituição vai destinar R$ 64 mil reais. O calendário das pautas inicia no dia 10 de maio de 2012.

Poderão se inscrever artistas da área de Artes Visuais, residentes na região amazônica, desde que as produções sejam culturalmente ligadas às questões da região e expostas nas formas de pintura, gravura, técnicas mistas, fotografias, escultura, objetos, instalações e mídias contemporâneas.

De acordo com a Instituição Bancária  a premiação  é uma iniciativa que objetiva  valorizar  os artistas e a própria arte da Região Amazônica. Para serem aprovados, os projetos não devem ter sido contemplados com exposições nos Editais de Pautas do período de 2007 até 2011. As propostas serão analisadas por uma comissão de seleção convidada seguindo as premissas do edital.

Os artistas interessados devem se inscrever mediante postagem via Correios, com aviso de recebimento (AR), para o endereço Edifício Sede, Av. Presidente Vargas, 800 – térreo, bairro Campina, Belém – Pará – Brasil, CEP: 66017-000. Maiores informações podem ser acessadas no edital completo disponível no site do Banco da Amazônia

SERVIÇO: Inscrições para a Seleção de Pautas do Espaço Cultural do Banco da Amazônia 2012. De 23 de janeiro a 23 de fevereiro. Maiores informações: Coordenadoria de Patrocínios do Banco da Amazônia - e-mail: coordenadoriadepatrocinios@bancoamazonia.com.br; Fones: 4008-3334 ou 4008-2809.


Fonte: Site Banco da Amazônia

BANCO DO BRASIL AMPLIA FINANCIAMENTO NO PROGRAMA ABC


O Banco do Brasil (BB) intensificou sua atuação nos financiamentos a atividades rurais sustentáveis nos últimos seis meses. Desde julho de 2011, foram mais de 580 operações contratadas dentro do programa federal Agricultura de Baixo Carbono (Programa ABC). Para tanto, o BB investiu fortemente na qualificação de técnicos, que foram capacitados, em parceria com o Ministério das Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), para a elaboração de projetos técnicos do Programa ABC.

Dono da maior carteira de crédito rural do país e com conhecimento do segmento rural brasileiro, o Banco do Brasil preparou projetos técnicos modulares, específicos para cada região do país, visando acelerar o processo de contratação e atrair mais produtores ao Programa ABC.


Para o vice-presidente de agronegócios e micro e pequenas empresas do Banco do Brasil, a estratégia é dinamizar o desempenho do Programa ABC. "Mobilizamos nossa equipe técnica, visitamos nossa rede de agências, fizemos reuniões para difundir o Programa ABC entre os produtores. O Banco do Brasil está colocando um financiamento que vai ser, sem nenhuma dúvida, a próxima onda do desenvolvimento de uma agricultura mais produtiva com mais preservação", afirma Osmar Dias.


Além de promover a melhoria da competitividade da agricultura brasileira e contribuir para a redução do DESMATAMENTO, a linha oferece condições atrativas e favoráveis aos produtores. Os encargos financeiros são de 5,5% ao ano e o prazo de financiamento pode chegar a 180 meses. Os produtores rurais podem financiar até R$ 1 milhão em cada ano-safra, independentemente de outros créditos concedidos ao amparo de recursos controlados do crédito rural.

O orçamento total do Banco do Brasil para o Programa ABC na safra 2011/12 é de R$ 850 milhões, o Programa apoia projetos destinados a recuperação de áreas degradadas, implantação de sistemas de integração lavoura-pecuária, lavoura-floresta, pecuária-floresta ou lavoura-pecuária-floresta, implantação e manutenção de florestas comerciais ou à recomposição de reserva legal ou de áreas de preservação permanente, implantação de sistemas orgânicos de produção agropecuária, sistemas de plantio direto "na palha" e de tratamento de dejetos e resíduos.


Para saber mais  acesse o site do Programa ABC 


425 BLOCOS DESFILARÃO NO CARNAVAL DE RUA DO RIO DE JANEIRO


Dos 476 blocos inscritos para o desfile do carnaval do Rio de Janeiro,  425 receberam autorização para desfilar. De acordo com a agencia de turismo Riotur, a região que mais recebeu solicitações foi a zona sul, com um total de 162. Os pedidos foram avaliados levando em conta o número estimado de componentes e capacidade de cada bairro.

O bairro que mais teve redução no número de blocos foi o Leblon, zona sul do Rio, que de 20 desfiles autorizados em 2011, passa a ter somente 13 este ano. A diminuição do número de desfiles obedece ao critério de antiguidade, percurso escolhido e logística, além da própria adequação ao transporte nos bairros.

A prefeitura do Rio vai colocar em operação durante o carnaval 15 mil banheiros, 80 unidades de Terapia Intensiva (UTIs) móveis, 1 mil orientadores de trânsito, além de distribuir 500 mil panfletos informativos. Além disso, será  feita uma operação, coordenada pelo Centro de Operações da Prefeitura, com a participação de todos os órgãos envolvidos no planejamento do carnaval.

 Fonte: ORM


PEIXE-ELÉTRICO É USADO EM PESQUISA PARA INDICAR POLUIÇÃO DA ÁGUA NA AMAZÔNIA



Projeto desenvolvido por pesquisadores brasileiros conta com a ajuda de peixes-elétricos (Gymnotiformes) para identificar possíveis alterações na qualidade da água dos rios amazônicos, tornando estas espécies em mais uma ferramenta de prevenção a alterações ambientais no bioma.

 O motivo é que possíveis mudanças nos locais classificados como habitat destas espécies afetariam as descargas elétricas emitidas por eles.

 O estudo, desenvolvido por especialistas do Instituto Chico Mendes (ICMBio) e do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), é realizado em duas unidades de conservação federais de Roraima, localizadas na bacia do Rio Branco.

 De acordo com Romério Briglia Ferreira, analista ambiental e autor do projeto, em Roraima existem dois processos importantes que impactam a qualidade da água. Um deles é o cultivo de arroz e o outro é o cultivo de peixes, como o tambaqui, em cativeiro. Isso acarretaria em modificações nas águas e resultam em assoreamento dos rios (elevação dos níveis de terra no fundo das bacias hidrográficas devido à erosão).


Briglia explica ainda que os peixes-elétricos utilizam as correntes elétricas (de cerca de 1 volt) para localização, comunicação e também para reprodução. Se a qualidade da água sofrer alteração, o comportamento deles também se altera.

Levantamento - De acordo com o pesquisador, com a ajuda de um equipamento foram gravadas 191 descargas elétrica de aproximadamente dez diferentes espécies de peixes da ordem Gymnotiformes.
 As correntes serão testadas e comparadas com as de outros peixes que vivem na região do Rio Negro, foco de pesquisa do Inpa.

A partir dos resultados, serão realizadas outras duas excursões de pesquisadores às unidades de conservação de Roraima e, possivelmente, a criação de um grupo que vai debater a forma de manejo para essas áreas.

  
Fonte: Globo Amazônia



Postagens em destaque

Em entrevista, o Poeta e Compositor santareno Renisson Luis Vasconcelos fala de sua arte e do amor que tem por Nossa Senhora da Conceição

Estamos na semana que antecede o Círio 2017 de Nossa Senhora da Conceição, Padroeira de Santarém.  Uma semana intensa de preparativos ...