segunda-feira, fevereiro 06, 2012

KELLYANY TOMÉ E PE. EDILBERTO SENA SEGUEM PARA BOLÍVIA



Amanhã, 07 de fevereiro de 2012, embarcam para Bolívia Pe. Ediberto Sena e Kellyany Tomé.
Na Bolívia  a dupla da Rádio Rural de Santarém, juntamente  com José Lourenço  e Anderléia Oliveira dos Santos ( Rádio FM Castanho do Careiro - AM)    da Rede de Notícias da Amazônia - RNA participam  do Encontro Pan Amazônia,  que reúne  Brasil, Bolívia e Peru.

A turma que representa a RNA vai estar sobre o comando da ALER - Associação Latino Americana de Educação Radiofônica. 
Kellyany Tomé após deixar as ondas do Para Ouvir e Aprender, ingressou no Setor de Jornalismo da Rádio Rural de Santarém. Atualmente apresenta o Jornal da Manhã junto com Raik Pereira, é produtora do Jornal do meio Dia e também faz parte da RNA. No encontro ela vai representar a gestora da Rede Joelma Viana que não  vai poder viajar devido estar cursando mais um período de Especialização em Jornalismo  Científico  pela UFOPA, em Santarém.
A  Kellyany Tomé nossos votos de boa viagem e  sucesso,  em mais esse desafio. Presenciar esse  crescimento da Kellyany só nos enche de orgulho e satisfação.

A todos e todas   boa sorte e bom encontro.


Projeto Rádio pela Educação só orgulho!!!



Socorro Carvalho
Coordenadora de Produção  do Rádio pela Educação

CLARA E GREG... HISTÓRIAS QUE SE REPETEM


Que saudades de  você!!!!!
(suspiro)...quanta falta  você  me faz...
Quando será q eu vou conseguir deixar d amar vc assim?
Tento...continuo tentando...e nada! tento conhecer outras pessoas, até me interesso por alguém, mas é tão superficial...é por esforço.
Aí...quando eu páro pra pensar eu me pergunto: o que tenho que fazer pra superar isso?
Eu me digo: Clara, foi uma história de amor, uma história linda...mágica...mas é finito...é passado. Não volta. Olha pra frente, parte pra outra! Eu olho. Eu tento, de verdade partir pra outra. Mas meu coração fica preso ao passado.
Eu me digo novamente: você  não ama o Greg, você  ama a história perfeita q você viveu, um romance de paixão intensa, sensualidade ä flor da pele, carinho,aventura,dificuldade para estar junto...a sensação do proibido, da loucura insana e do prazer indescritível de ter o ser que você  deseja,quer e precisa como se fosse oxigênio...água...uma necessidade emocional e fisiológica essencial para sua sobrevivencia... você  não consegue esquecer isso e é isso q você ama.
E o que  eu faço com tudo isso? Eu me pergunto. O que  eu faço com o desejo de estar perto dele? Sentir o cheiro, ouvir a voz, olhar nos olhos, ver o sorriso, ouvir a risada, com o desejo de me sentir envolvida com aqueles braços, acarinhada e acariciada por aquelas mãos grandes, fortes. O que eu faço com a vontade de sentir aquela boca na minha boca...na minha pele...no meu corpo...com aquela sensação de entrega total...absoluta...como se o mundo inteiro deixasse d existir...?
O que eu faço com esta saudade que me sufoca e me consome a cada dia?
O que eu faço com essa vontade incontrolável de fazer amor com ele? Vontade que  a cada dia aumenta mais e mais? Chega a doer...quase me enlouquecer de desejo...senti-lo me penetrando devagar, controlando seu próprio tesão, devagar para  que  possa se deliciar com todas as ondas de prazer, cada centímetro explorado é um turbilhão de sensações que inebriaa,alucinam, transcedem qualquer sensação noutrora experimentada..desejo,ansiedade,loucura,amor,paixão... tudo junto e misturado (suspiro), ouvir os gemidos dele se juntando aos meus...ouvir em sussurro: eu ti amo minha Clara...eu ti amo Greg...

O que eu faço com tudo isso? Como eu me liberto disso????

Ninguém responde???

E eu faco o que  agora???
Respondo: Agonizo.

Clara


Lindo demaissssss

Eu  acho que  você  deveria se dedicar a escrever algum livro, porque você  tem um dom muito especial e consegue se expressar de maneira muito clara quando escreve, imagina  você  que eu quase gozei quando estava ainda no meio da leitura, realmente até eu senti agonia...
Concordo com você, admito, nunca neguei que amei tudo que passamos juntos e não gostaria de repetir tudo que aconteceu, a não ser que fosse pra ser melhor ainda, e pra ser melhor eu teria que ser só seu... aí né meu amor (sem ironia), você  sabe que pra mim ainda não é possível.
Gosto de ter  você  por perto, como uma flor que compartilha comigo o perfume e vicia quando tocada, como uma vizinha gostosa que pode ser admirada... só queria poder sair correndo pra  você  hoje, fazer amor o dia inteiro, a noite, manhã..., queria!

Greg.






* Os textos me foram enviados por uma amiga que  pediu para eu postar em meu blog.  Os nomes são fictícios  para preservar a identidade dos dois. Ah, coração! Traiçoeiro de todas as formas... eu heim. Ai está amiga... e lembre-se muitas outras pessoas se viram nesse relato de vocês...  Eu amei os relatos, gosto desse estilo de texto e quando dito com toda essa adrenalina, gosto mais ainda. Beijos e quando quiser mandar outros textos, disponha.

Postagens em destaque

Maria Maria

Maria, Da lua Herdastes brilho e serenidade. Do sol Juntastes calor e esperança. Doce Maria! De encanto, de amor. Suave como a b...