domingo, setembro 02, 2012

PERSONAGEM...

eu nome é quase indiferente
e nem teu rosto mais me inquieta.
A arte de amar é exactamente
a de se ser poeta.

Para pensar em ti, me basta
o próprio amor que por ti sinto:
és a ideia, serena e casta,
nutrida do enigma do instinto.

O lugar da tua presença
é um deserto, entre variedades:
mas nesse deserto é que pensa
o olhar de todas as saudades.

Meus sonhos viajam rumos tristes
e, no seu profundo universo,
tu, sem forma e sem nome, existes,
silêncio, obscuro, disperso.

Teu corpo, e teu rosto, e teu nome,
teu coração, tua existência,
tudo - o espaço evita e consome:
e eu só conheço a tua ausência.

Eu só conheço o que não vejo.
E, nesse abismo do meu sonho,
alheia a todo outro desejo,
me decomponho e recomponho.

Cecília Meireles

MAIS UMA VEZ - JOTA QUEST






 

TENHO TANTO SENTIMENTO…

 

Tenho tanto sentimento
Que é freqüente persuadir-me
De que sou sentimental,
Mas reconheço, ao medir-me,
Que tudo isso é pensamento,
Que não senti afinal.


Temos, todos que vivemos,
Uma vida que é vivida
E outra vida que é pensada,
E a única vida que temos
É essa que é dividida
Entre a verdadeira e a errada.


Qual porém é a verdadeira
E qual errada, ninguém
Nos saberá explicar;
E vivemos de maneira
Que a vida que a gente tem
É a que tem que pensar.


Fernando Pessoa

 

COMO DEUS DIRIA O “PAI NOSSO”? OU MELHOR, O “FILHO MEU”.


Já pensou como Deus diria o “PAI NOSSO”?, ou melhor… o “FILHO MEU”.
 Filho meu, que estás na terra e te sentes preocupado, confuso, desorientado, só, triste e angustiado…

 Eu conheço perfeitamente o teu nome e o pronuncio bendizendo-o, porque te amo e te aceito assim como és.
 Construiremos juntos o meu Reino, do qual tu és meu herdeiro e não estarás sozinho, pois Eu estou em ti, assim como tu estás em Mim.
 Desejo que tu faças sempre a Minha vontade, porque a Minha vontade é que tu sejas humanamente feliz.

 Terás o pão de cada dia… Não te preocupes.
 Entretanto, lembra-te: não é somente teu; peço a ti que o divida sempre com o teu próximo. Lembra-te também que dou a ti, pois confio e sei que tu sabes que é para ti e para todos os teus irmãos… Compartilha com eles.

 Perdoo sempre as tuas ofensas. Aliás, absolvo-te antes mesmo que as cometa. Sei que as cometerás, mas também sei que às vezes é o único modo que tens para aprender, crescer e aproximar-te de Mim.
 Peço-te somente que da mesma forma perdoes a ti mesmo e àqueles que te ferem.

 Sei que terás tentações e Estou certo que as superarás.
 Segura a minha mão, agarra-te sempre em Mim e Eu te darei o discernimento e a força para que te livres do mal.

 Somente por Mim poderás alcançá-la, porque Eu sou o amor e a paz… a verdade… o caminho… e a vida.
 Amém.

Fonte:Simples coisas da vida

RENDIÇÃO

O publicitário santareno Eduardo Dourado em Óbidos
A natureza é de uma exuberancia tão imensa
que de repente o homem se vê tão pequeno
e  perdido diante de significativo encantamento.
Porém, essa contemplação só  é possível
quando esse olhar vai além da ótica padrão...
Um olhar   infinitamente profundo, mais apurado e capaz
de se  deixar envolver por toda a grandeza que vê.
E frágil,  impotente,
o homem se sente poeta diante da força da beleza que o rende.
E nessa rendição ele viaja  para dentro de si
para encontrar com sua  mais sensível emoção
a quimera  contente do seu olhar refletido sobre a natureza...
E em silêncio se delicia
Com a maresia do rio
e  o navegar anônimo do navio.
Quantas lembranças vagueiam...nos pensamentos.
Quantas interrogações na cabeça, quantas?????

Socorro Carvalho

Postagens em destaque

Maria Maria

Maria, Da lua Herdastes brilho e serenidade. Do sol Juntastes calor e esperança. Doce Maria! De encanto, de amor. Suave como a b...