domingo, setembro 02, 2012

COMO DEUS DIRIA O “PAI NOSSO”? OU MELHOR, O “FILHO MEU”.


Já pensou como Deus diria o “PAI NOSSO”?, ou melhor… o “FILHO MEU”.
 Filho meu, que estás na terra e te sentes preocupado, confuso, desorientado, só, triste e angustiado…

 Eu conheço perfeitamente o teu nome e o pronuncio bendizendo-o, porque te amo e te aceito assim como és.
 Construiremos juntos o meu Reino, do qual tu és meu herdeiro e não estarás sozinho, pois Eu estou em ti, assim como tu estás em Mim.
 Desejo que tu faças sempre a Minha vontade, porque a Minha vontade é que tu sejas humanamente feliz.

 Terás o pão de cada dia… Não te preocupes.
 Entretanto, lembra-te: não é somente teu; peço a ti que o divida sempre com o teu próximo. Lembra-te também que dou a ti, pois confio e sei que tu sabes que é para ti e para todos os teus irmãos… Compartilha com eles.

 Perdoo sempre as tuas ofensas. Aliás, absolvo-te antes mesmo que as cometa. Sei que as cometerás, mas também sei que às vezes é o único modo que tens para aprender, crescer e aproximar-te de Mim.
 Peço-te somente que da mesma forma perdoes a ti mesmo e àqueles que te ferem.

 Sei que terás tentações e Estou certo que as superarás.
 Segura a minha mão, agarra-te sempre em Mim e Eu te darei o discernimento e a força para que te livres do mal.

 Somente por Mim poderás alcançá-la, porque Eu sou o amor e a paz… a verdade… o caminho… e a vida.
 Amém.

Fonte:Simples coisas da vida

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens em destaque

Chuva que rega saudade...

O dia amanheceu chovendo. Passou nublado. A tarde chegou com um tímido  sol .  Ao meu redor,  vejo rastros de saudade a penetrar me...