segunda-feira, janeiro 21, 2013

INSENSATO PECADO


Dos meus poros sinto escorrer o desejo,
Meu corpo está em chamas!!
Em pleno inverno
Meu corpo é verão.
No arrepio da minha  pele, 
Paira a  saudade  do seus gemidos...
lembrança do seu amor bandido,
Mistura de medo e perigo.
Contraste do amor proibido.
Mas o amor é livre.
Nessa liberdade  me agasalho enquanto vivo.
Em minha pele está seu  o cheiro,
O sabor e o hálito  do beijo 
Ainda estão  comigo
Grudados em meus devaneios mais íntimos. 
A minha língua quente, a carícia leve, sobre seu corpo...
Corpo que  me envolve e resguarda
Templo único do meu intento e meu abrigo.
Na ânsia da   minha loucura 
Arranco  de seu corpo e de sua voz frêmitos e  rugidos,
Sucumbidos nos sussurros  do êxtase escondido.
Seu olhar bandido me desnuda, me devora
Acorda meus intentos e segredos mais bandoleiros.
Minha pele queima 
Acende o  fogo do  meu  mais puro e cínico desejo...
No segredo  quente de nosso encontro louco
Nos extasiamos outra vez...
Nesse prazer louco,  que feito visgo
Gruda-nos nesse desatinado  querer...
Ah, meu  insensato  pecado!!
Amo você.





Socorro Carvalho 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens em destaque

DANIELLE LIMA!! PARA VOCÊ, UMA CARTA DO MEU CORAÇÃO... FELIZ ANIVERSÁRIO!!!

Querida filha, Danielle Katrine Hoje, pensei em te fazer um poema!! Rimar versos para te falar do meu amor... Mas como poetizar,...