quarta-feira, fevereiro 06, 2013

ROMÁRIO MARCA UM GOLAÇO INESPERADO



Tenho acompanhado – e aprovado – a gritaria do ex-craque e atual deputado federal Romário (PSB-RJ) contra os gastos públicos na Copa do Mundo e Olimpíadas.

Mas agora tenho outro motivo para elogiar a atuação do parlamentar: foi dele o projeto de lei que prevê a facilitação no processo de importação de material para pesquisa científica.

Hoje, a burocracia é um grande empecilho para a pesquisa científica e tecnológica no Brasil. Grande parte do material é comprada no exterior, e um pesquisador pode ter de esperar até seis meses para que sua encomenda chegue.

Um levantamento feito pela UFRJ em 2010 com 165 cientistas concluiu que 76% dos pesquisadores ouvidos já haviam perdido material de pesquisa por causa de retenção na alfândega e 99% já tiveram que desistir ou alterar uma pesquisa por causa da demora.

O projeto de Romário é simples: os pesquisadores interessados fariam um cadastro no Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e poderiam importar material de pesquisa sem passar pela burocracia alfandegária e sem pagar taxas.

Meu pai trabalha com pesquisa científica e está empolgado com o projeto de Romário. Diz que pode significar um avanço enorme para a ciência brasileira e, por consequência, para o país.

O problema é que a proposta ainda precisa ser aprovada pela Câmara dos Deputados.



Tomara que a Câmara apresse logo a votação e não anule o gol do baixinho.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens em destaque

Chuva que rega saudade...

O dia amanheceu chovendo. Passou nublado. A tarde chegou com um tímido  sol .  Ao meu redor,  vejo rastros de saudade a penetrar me...