ROMÁRIO MARCA UM GOLAÇO INESPERADO



Tenho acompanhado – e aprovado – a gritaria do ex-craque e atual deputado federal Romário (PSB-RJ) contra os gastos públicos na Copa do Mundo e Olimpíadas.

Mas agora tenho outro motivo para elogiar a atuação do parlamentar: foi dele o projeto de lei que prevê a facilitação no processo de importação de material para pesquisa científica.

Hoje, a burocracia é um grande empecilho para a pesquisa científica e tecnológica no Brasil. Grande parte do material é comprada no exterior, e um pesquisador pode ter de esperar até seis meses para que sua encomenda chegue.

Um levantamento feito pela UFRJ em 2010 com 165 cientistas concluiu que 76% dos pesquisadores ouvidos já haviam perdido material de pesquisa por causa de retenção na alfândega e 99% já tiveram que desistir ou alterar uma pesquisa por causa da demora.

O projeto de Romário é simples: os pesquisadores interessados fariam um cadastro no Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e poderiam importar material de pesquisa sem passar pela burocracia alfandegária e sem pagar taxas.

Meu pai trabalha com pesquisa científica e está empolgado com o projeto de Romário. Diz que pode significar um avanço enorme para a ciência brasileira e, por consequência, para o país.

O problema é que a proposta ainda precisa ser aprovada pela Câmara dos Deputados.



Tomara que a Câmara apresse logo a votação e não anule o gol do baixinho.
 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Frases picantes que homens gostam de ouvir na hora do sexo

UMA CARTA PARA MEU FILHO AMADO..

ENFIM... MEUS 18 ANOS DE IDADE!!!