EU...




Sou a liberdade da fantasia real.
Sofro metamorfoses, sou de fases.
Feito a lua me mostro e me escondo.
As entrelinhas da poesia é meu fascínio.
Delírios e devaneios.
Sou prosa e poesia.
Rima,  refrão, sou mutável, sou métrica dos versos.
Linguagem muda, a escrita.
Voz que se desnuda na amplidão.
Sou “santa” e pecadora;
Sou dama e “puta”;
Sou anjo e demônio.
Sou bruma e tempestade...
Incógnita  noturna.
Resposta contida, fragmentada.
Psiu, silêncio!!
Preciso escutar a voz do  meu  eu
Escondida dentro desse silêncio que fala... 



Socorro Carvalho





Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Frases picantes que homens gostam de ouvir na hora do sexo

UMA CARTA PARA MEU FILHO AMADO..

ENFIM... MEUS 18 ANOS DE IDADE!!!