sábado, novembro 09, 2013

AMOR


            Seria o amor, tudo que as pessoas realmente pensam que é? Um sentimento puro, angelical, que nunca se acaba, nem diminui? Uma forma de gostar tão forte, que ultrapassa qualquer obstáculo?           

            A meu ver, o amor, é instável, relativo e tem prazo de validade o “pra sempre” não existe. No entanto, quando ele está lá, instalado no coração, quando ele é sentido de uma forma avassaladora, ninguém duvida de que ele exista.

            Mas perceba, as pessoas até podem ficar até o fim da vida juntos, mas por apego, comodismo, afeto, por não querer destruir o “lar”, arriscando assim sua própria felicidade. Afinal, o amor aquele que se diz forte e intenso acaba. Contudo, isso não quer dizer que o Amor não exista, de forma alguma! Eu acredito que o amor verdadeiro, esteja nas relações familiares, nas amizades. E quando duvido da sua forma angelical, digo isso; pois o amor se dá na convivência diária, na cumplicidade, e de certa forma no dever que as pessoas tem umas para com as outras.

            Tal como mostram as estatísticas, as pessoas cada vez menos acreditam no amor puro, divino, comum nas novelas e contos de fada, e isso pode ser percebido até mesmo ao nosso lado. O ‘pra sempre’ já se foi, e acredito que com ele o amor também.


(Luiza Telexa Espinosa)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens em destaque

UM POEMA PARA ÁMON

Há dez meses... Você chegou!!! Trouxe no riso o estro. No calor O mais lindo poema de amor. Tão pequeno, tão meigo. Porém, forte e...