segunda-feira, dezembro 09, 2013

BOCAS EM DELÍRIO

 Num encontro ardente
Carregado de desejo
Duas línguas indecentes
Misturam-se num beijo

São a minha e tua essência
É o gosto meu com o teu
Repleto de muita ardência
Que nos corpos acendeu

Não existe nada mais
Se minha boca toca a tua
É tudo mágico, é demais
Incendiando a pele nua

Duas bocas delirando
Num encontro de paixão
Corpos se encaixando
Explodindo de tesão...




Um comentário:

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens em destaque

UM POEMA PARA ÁMON

Há dez meses... Você chegou!!! Trouxe no riso o estro. No calor O mais lindo poema de amor. Tão pequeno, tão meigo. Porém, forte e...