domingo, dezembro 08, 2013

SILÊNCIO AMOROSO

Preciso do teu silêncio
cúmplice
sobre minhas falhas.
Não fale.
Um sopro, a menor vogal
pode me desamparar.
E se eu abrir a boca
minha alma vai rachar.
O silêncio, aprendo,
pode construir. É um modo
denso/tenso
- de coexistir.
Calar, às vezes,
é fina forma de amar.

Affonso Romano de Sant'Anna

2 comentários:

  1. Ah! é bem por aí, as vezes o silêncio muda todo o rumo de uma história.
    Bem descrito e determinada mensagem.
    bjs e excelente semana
    Ritinha

    ResponderExcluir
  2. Depende do silêncio linda!
    mas admito que por vezes...tem um sabor bem especial!
    Boa semana!

    ResponderExcluir

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens em destaque

DANIELLE LIMA!! PARA VOCÊ, UMA CARTA DO MEU CORAÇÃO... FELIZ ANIVERSÁRIO!!!

Querida filha, Danielle Katrine Hoje, pensei em te fazer um poema!! Rimar versos para te falar do meu amor... Mas como poetizar,...