quarta-feira, março 13, 2013

O CACTO E O BALÃO




Era uma vez um cacto, que se apaixonou por um balão. Um amor impossível surgia, afinal qualquer toque do cacto no frágil balão o faria acabar para sempre.

Os dois sempre conversavam e expressavam o quanto um amava o outro, mas como não podia haver nem um abraço, um beijo, aquele romance não foi pra frente e teve um fim.

O cacto desapareceu, o balão ficou desolado.

Meses depois um belo cacto, liso como vidro bate à porta do balão:
Balão: Olá, em que posso ajudá-lo?
Cacto: Não está me reconhecendo?
Balão: É você meu amor?
Cacto: Sim, sou eu.
O abraço foi instantãneo, ambos se amavam mais que tudo, foi o melhor momento daquele romance.
Balão: Mas amor, o que houve com seus espinhos?
Cacto: Me dei ao trabalho de arrancar um por um.
Balão: E não doeu meu amor?
Cacto: Doeu, e muito, mas por você eu faria, mesmo que seja a pior dor do mundo.

Moral da Historia : Se há amor, nada é impossível, porém é necessário que haja sacrifício.


 Via facebook da Aline Rocha

13 DE MARÇO DE 2013!!

Hoje, 13 de março, é a data de aniversário de vida eterna de meu velho e inesquecível pai.

Um dia de saudade, de melancolia para todos nós,  lá em casa.
Apesar do tempo parece que foi ontem, mas 19 anos já se passaram.
Porém, a lacuna em nossas vidas ainda é grande e a saudade é inesgotável.


Seu Pedro era o cara mais calmo e sereno que já conheci, um Pai de Verdade.
Um pai carinhoso e dedicado! Por isso, essa grande saudade em nossos corações!!
No céu, tenho certeza, ele é anjo sempre a velar por todos nós esposa, filhas, filhos, netos,  genros e noras.
A esse grande e inesquecível guerreiro dedico hoje e todos os dias,  todo meu respeito e carinho cheios de muitas saudades...

Obrigado por tudo que nos ensinastes  pai querido!!
Obrigado pela presença, sempre que preciso.
Jamais esquecerei aquela tarde triste do dia 13 de março de 2013, o dia mais triste de minha vida... Mas sei que Deus estava precisando de sua bondade, lá no céu.
E esse  é o sentimento que  até hoje me conforta.

Te amo eternamente,  meu herói preferido!!



  Com carinho da sua filha... Lia
Como carinhosamente o senhor me chamava.

UM CARINHO PARA VOCÊ... AMOR MEU!


Ah, amor meu, como é bom ver seu riso solto enfeitando meus dias; Poder arrancar de você o gesto mais simples, sem me comprometer. Sentir seu jeito tímido de se aproximar, mas sem palavras a falar, em silêncio a me observar. E em seus olhos poder  fitar a saudade a se derramar.

Ah, amor meu! Pudera arrancar você da minha utopia,  para tornar você minha mais linda realidade,  deixar de ser verso para ser poeta a encher de poesia esse meu caminhar. Como é bom ver o sol  contrastar  com o brilho moreno do seu olhar. E em cada instante construir poemas sem me importar com o hoje ou o amanhã para rimar, ou não...Ah, amor meu, seus gestos me conquistam,  marcam profundo a sua presença em minha razão.

Quero contar ao mundo sobre esse querer. Então, dentro do meu silêncio empresto um poema de Drummond e num “Inconfesso Desejo”  tento explicar coisas indecifráveis que já estão escritas no fundo do meu olhar. Falo de amor, paixão, amor proibido, uma guerra santa entre razão e coração. Porém, nenhum verso ou poema consegue rimar a sutileza  que existe nesse amor,  que enche de magia e  crepúsculo  cada final dos meus dias. Nos dias longe de você... Distante como o por do sol, sua paisagem faz-se meu cenário  preferido em meio  infinitas lembranças de nós dois. Quando chega a noite quente,  uma  saudade fria  vem congelar meu leito e triste sem você, deito e adormeço ao relento de sua presença. 

Em cada  alvorecer um novo recomeço, e outro dia surge  dessa vez trazendo o inverno, e com ele uma nova estação, que me faz sentir seu abraço em cada gota de chuva, que vem molhar meu chão...

Ah, amor meu, segredo ímpar do meu coração, quantos sonhos esquecidos temos dentro de nossos desejos contidos. Palavras ao ouvido, ao vento se tornaram nossa eterna devoção,  em cada instante que  sentimos nossos  coraçóes  pulsando,  apertados  em nosso abraço.

Ah, amor meu! Tantas coisas inexplicáveis. Quantos segredos escondidos  dentro de nós. Suas frases de amor me alimentam a emoção, mas sua ausência me rouba  a ilusão. E de tanta saudade, de repente,  já não há inspiração que possa traduzir toda essa loucura escondida aqui...e ai.

 Bom dia, amor meu! Agora vou dormir e quem sabe num sono longo eu  possa encontrar você inteiro,  dentro dos meus sonhos mais loucos... Saudades de você.Até mais...


Socorro Carvalho

Postagens em destaque

VERSOS, PARA MEU NETO...

Um dia você chegou... Trouxe consigo o melhor verso. A brisa que acaricia, O vento que embala. Seu sorriso trouxe o alvorecer.   ...