terça-feira, abril 23, 2013

O MEDO QUE UM DIA SENTI


Meu medo é passar o dia sem te ver
É chegar à noite e não te ter
É deitar na cama e não sentir você
Meu medo é um dia te perder
Por isso me pego a pensar
Caso nosso amor um dia venha a acabar
O que vai acontecer, como será?
Se você não mais ao meu lado estará?
Talvez eu siga em frente, levando a vida
Talvez encontre outra pessoa mais que querida
Talvez eu me perca na escuridão
Quem sabe eu ate peça perdão
Mas se não for eu o errado?
Se não fui eu quem infringiu as regras que estabelecemos no passado?
Se não fui eu quem brincou com nosso amor?
Será que o encanto acabou?
Será que nem era amor?
E agora, o que restou?!
Só tristeza e dor.
Mas para mim era amor e é o que importa
Porém, se quiser sair por aquela porta.
Eu não posso lhe impedir
Posso ate chorar, mas não quero me iludir.
Vou apenas lhe dizer que te amo e que medo eu senti
Que imaginei que um dia isso pudesse vir
E de tal forma, me matar por dentro.
Levando meu sorriso e contentamento
Fazendo-me parar e refletir
É isso que quero para mim?
É isso que vou fazer quando você daquela porta passar?
Vou ficar aqui chorando a me lamentar?
Quem sabe ate esperando você voltar e me dizer que foi apenas ruído na comunicação?
Não!
Não quero isso para o meu coração.
Não quero viver de ilusão e depois me perder
Por que medo eu cheguei a ter
E é uma sensação tão ruim
Não querer mais me sentir assim
Quero apenas me permitir viver
Quero lutar, quero correr
Atrás daquilo que deixei para trás
Quanto a você?
Espero que sejas feliz
E que um dia veja o que fiz
Por te amar de mais
Que ate medo cheguei a ter
Por pensar em um dia ter perder
E hoje...
Ah hoje...
Hoje tanto faz.

Marlison Soares
Em 04/04/2013.

MOBILIZAÇÃO NACIONAL CONTRA A PEC 37


Amanhã 24 (quarta-feira), em Brasília, ocorre a mobilização nacional da campanha Brasil Contra a Impunidade. As atividades de mobilização começam pela manhã com a realização do 1º Simpósio Brasileiro Contra a Impunidade. No evento em defesa do poder investigatório do Ministério Público, estarão presentes o Ministro Ayres Britto, o deputado federal Alessandro Molon (PT-RJ), o senador Randolfe Rodrigues, entre outros.

Após o simpósio, às 15 horas, será entregue ao presidente da Câmara dos Deputados, o deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), a Carta de Brasília e as petições públicas com assinaturas de todo o país.

A campanha Brasil Contra a Impunidade é uma iniciativa do Ministério Público e associações afiliadas. O objetivo é sensibilizar a sociedade e os parlamentares sobre o risco da aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 37 de 2011, que retira o poder de investigação criminal do Ministério Público.


De autoria do deputado Lourival Mendes (PTdoB-MA), a PEC 37 acrescenta um parágrafo ao artigo 144 da Constituição Federal, para estabelecer que a apuração das infrações penais será competência privativa das polícias federal e civil. Atualmente, por determinação constitucional, o Ministério Público e outras instituições também exercem, em casos específicos, a atividade de investigação criminal.


A campanha Brasil Contra a Impunidade é coordenada pela Associação Nacional do Ministério Público (CONAMP), a Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR), a Associação Nacional do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (AMPDFT), a Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho (ANPT), Associação Nacional do Ministério Público Militar (ANMPM) e o Conselho Nacional de Procuradores-Gerais (CNPG).

Fonte: CONAMP

DESEJO LOUCO


Sinto nas mãos o pulsar do teu “coração”...
Um pulsar de pecado, perdição;
Minha língua te roça, te caça, te acha.
Num passeio frêmito de desejos...
Na boca se derrama
O sabor  exótico da tua seiva bruta .
Alimento que  sacia meus intentos.
Debruço-me sob teu corpo,
Sinto-te invadindo-me,
 Arranco-te suspiros, gozo,  êxtase..
Deixo-me exalar pelo  teu cheiro de cio.
Coração pulsante, vibrante
Faz - se aconchegar em mim...
Esse desejo louco que vem nesse fluxo infindo
De paixão e querer.



Socorro Carvalho


Postagens em destaque

POEMA CABOCLO

Meu amor... Tem cor de alvorecer. Carícia de brisa das manhãs. Cor de pôr do sol. Aroma de cupuaçu... Sabor do bombom de muruc...