terça-feira, abril 23, 2013

O MEDO QUE UM DIA SENTI


Meu medo é passar o dia sem te ver
É chegar à noite e não te ter
É deitar na cama e não sentir você
Meu medo é um dia te perder
Por isso me pego a pensar
Caso nosso amor um dia venha a acabar
O que vai acontecer, como será?
Se você não mais ao meu lado estará?
Talvez eu siga em frente, levando a vida
Talvez encontre outra pessoa mais que querida
Talvez eu me perca na escuridão
Quem sabe eu ate peça perdão
Mas se não for eu o errado?
Se não fui eu quem infringiu as regras que estabelecemos no passado?
Se não fui eu quem brincou com nosso amor?
Será que o encanto acabou?
Será que nem era amor?
E agora, o que restou?!
Só tristeza e dor.
Mas para mim era amor e é o que importa
Porém, se quiser sair por aquela porta.
Eu não posso lhe impedir
Posso ate chorar, mas não quero me iludir.
Vou apenas lhe dizer que te amo e que medo eu senti
Que imaginei que um dia isso pudesse vir
E de tal forma, me matar por dentro.
Levando meu sorriso e contentamento
Fazendo-me parar e refletir
É isso que quero para mim?
É isso que vou fazer quando você daquela porta passar?
Vou ficar aqui chorando a me lamentar?
Quem sabe ate esperando você voltar e me dizer que foi apenas ruído na comunicação?
Não!
Não quero isso para o meu coração.
Não quero viver de ilusão e depois me perder
Por que medo eu cheguei a ter
E é uma sensação tão ruim
Não querer mais me sentir assim
Quero apenas me permitir viver
Quero lutar, quero correr
Atrás daquilo que deixei para trás
Quanto a você?
Espero que sejas feliz
E que um dia veja o que fiz
Por te amar de mais
Que ate medo cheguei a ter
Por pensar em um dia ter perder
E hoje...
Ah hoje...
Hoje tanto faz.

Marlison Soares
Em 04/04/2013.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens em destaque

Chuva que rega saudade...

O dia amanheceu chovendo. Passou nublado. A tarde chegou com um tímido  sol .  Ao meu redor,  vejo rastros de saudade a penetrar me...