sábado, julho 27, 2013

JORNALISTA JÚLIO GUIMARÃES - MONOGRAFIA APROVADA COM SUCESSO




Caros, depois de quase 1 ano na construção da monografia “O TEMA SAÚDE NO JT1: aplicação do Esquema Narrativo Canônico”, como requisito para obtenção do grau de Especialista em Jornalismo Científico, hoje (27/7) foi o dia da defesa. 

Graças a Deus fui muito parabenizado pelo trabalho. Isso tudo com a imprescindível orientação do Profº Dr. Valdenildo dos Santos.

Avaliação: APROVADO. É como a banca examinadora conceituou o trabalho, mas na quarta-feira (31/07) devem sair os conceitos mais específicos (nota). Agora ninguém me segura. Mestrado, aguarde...



RESUMO

Nessa pesquisa analisou-se a narrativa discursiva – apenas aspectos verbais – veiculada no telejornal “Jornal Tapajós 1ª Edição” tendo como objeto uma matéria do “Quadro Saúde”, do período de setembro de 2012. O trabalho tem como escopo teórico-metodológico a Semiótica Discursiva de A. J. Greimas, aplicando-se o Esquema Narrativo Canônico, previsto pelo Percurso Gerativo do Sentido, no Nível Narrativo. Como método foi adotado a abordagem qualitativa. As técnicas investigativas: pesquisa bibliográfica e documental. Com isso, observou-se que a narrativa do JT1, como um todo, ancorado no discurso médico, tenta tornar os conceitos da área da saúde mais próximos do público, utilizando recursos da língua que levam aos gêneros telejornalísticos tons informais. No entanto, ao mesmo tempo em que o JT1 busca seguir a máxima jornalística da clareza e objetividade, os termos técnicos da medicina, sempre encoberto de falas positivas, acabam comprometendo, por sua vez, o discurso jornalístico ocorrendo, assim, falhas (ruídos) no repasse das informações.
 
Momentos da Defesa do Júlio :






Parabéns, Júlio César Guimarães!!
Aprovação merecida e se bem lhe conheço, a nota será 10.
Sucesso e que Deus continue abençoando sua luta e buscas.
Obrigada por compartilhar sua alegria e momento especial!!

Grande abraço


Da amiga


Socorro Carvalho

LOUCURAS DE AMOR...



Quando te vi...
Senti que meu corpo pegou fogo
Um sentimento novo...
Tive pensamentos loucos

Nós dois numa ilha deserta
Fazendo amor o dia todo
 Com poucas roupas
Você me acariciando
E eu beijando seu corpo todo
Um amor maravilhoso

Seu cheiro então
Consigo sentir daqui
Nem preciso estar perto de ti

Ficaríamos dias sem dormir

... Loucuras de amor sem fim...

Felis Junior

MINHA ALMA E A SUA..



Diante dele me dispo do mundo, não preciso de roupas, conhecimentos, virtudes, orgulho...beleza. Caem todos os véus e mostro minha alma nua.

 A qualquer momento ele me espera, me recebe, me acolhe. Não é preciso palavras, basta fechar os olhos para percebê-lo, para sentir que ele me aceita por inteira, sem buscar a perfeição em cada parte do meu corpo...não preciso falar, sorrir, ou olhar para conquista-lo, me basta ser.

A cada passo que dou a seu encontro, sinto sua força delicadamente tocar meu ser, envolver meu corpo por completo, inconscientemente relaxar meus medos e angustias. Ele não questiona o motivo, nem com que propósito eu o procuro, ele não quer explicações....apenas me quer, me aceita e me envolve.

No seu balanço incessante repouso meu ser, minha alma... caem as armaduras que me protegem do mundo, elas não são necessárias...no nosso encontro é preciso apenas que eu seja simples e puramente eu, e isto basta.

Dispo-me de qualquer orgulho, de qualquer mágoa, e ou ressentimento para deixar florescer o meu sentimento mais puro!

É o que tenho de melhor, guardado a chaves em meu peito. Preconceitos, cobranças e julgamentos, joguei fora.

Não faço promessas nem a mim mesma, mas luto com todas as armas que tenho para criar um futuro diferente.
O futuro é incerto, mas não é só o meu.
 
O segundo seguinte é uma incerteza ou até a louca certeza...
Como num disco de dados!
E o sabor dos beijos... a sensação de pele com pele... suor!
Os risos! Sensação maravilhosa de dar e sentir prazer.
Hummmm!
A sensação inebriante do êxtase!
O cansaço que vem depois, seguido de languidão...

Ah! A conquista! O teu olhar cativou-me. Estou presa a ti.
Não quero ouvir nada, pois que palavras são desnecessárias quando estou em você.
Em você! É isso mesmo! Basta-me sentir a tua respiração.

De você quero ouvir somente as batidas do teu coração, enquanto repouso a cabeça em teu peito.
As mãos! Sim! As mãos quero sentir! Por todo o meu corpo. Não haverá de ficar um pedaçozinho em desvantagem.

União de valores sem o peso da cobrança. União de anseios e projetos. Esperança! Jamais desistirei de você.

Dispa-se para mim, mas não somente as roupas! Mostra-me o seu coração, assim por inteiro, nu, sem armaduras de proteção!

Confiança!

Eu posso fazê-lo feliz!

MATURIDADE

Foto do face book  do Viainey Silva
“Lembro-me do passado, não com melancolia ou saudade, mas com a sabedoria da maturidade que me faz projetar no presente aquilo que, sendo belo, não se perdeu.”






                                                                                                                                      Lya Luft

Postagens em destaque

UM POEMA PARA ÁMON

Há dez meses... Você chegou!!! Trouxe no riso o estro. No calor O mais lindo poema de amor. Tão pequeno, tão meigo. Porém, forte e...