Postagens

Mostrando postagens de Novembro 30, 2013

AS FÉRIAS DE JULHO NA MINHA INFÂNCIA...

Imagem
Era julho e meu coração de criança feliz pulsava apressado uma doce expectativa...
As férias na casa da vovó Augusta, na comunidade de Mussum, no Município de Aveiro,  no Tapajós. Por lá era muito legal, tinha banho no Tapajós e festa de arraial. A festa da Padroeira Nossa Senhora do Perpetuo Socorro era tempo de celebrar. E junto da vovó era bom participar.

 As noites de novenas nas noites de festas e o regresso de canoa ao luar, era muito bom. Mesmo que existisse medo vovó estava lá para proteger, cuidar e se preciso fosse também para ralhar. E tudo naquele lugar tinha encanto e magia. A mesa da cozinha, as conversas regadas ao café sem cessar, só tinham sabor naquele lugar. As histórias contadas, as piadas que vovó adorava contar,  até mesmo  o som dos barcos vovó ficava a nos ensinar. De ouvidos ligados ouvindo um barco passar e era certeiro vovó a balbuciar: _ “ Fulano uma hora dessas. O que será que aconteceu"? – e bastava esperar pra gente perceber que era o fulano mesmo …

VOVÓ AUGUSTA FOI MORAR COM DEUS.

Imagem
Hoje  meu coração está sentido, doendo, entristecido. A poesia vem com inspiração de saudade. Porém, em meio a essa saudade que me aperta o peito vem as boas lembranças vividas junto de minha vovozinha querida  dona Maria  Augusta Tavares da Gama, a vó Augusta, mãe de minha mãe. Depois de 89 anos de vida, de experiências trocadas,  de sabedoria repassada vovó se foi ontem (29) , no final da tarde, lá mesmo na comunidade onde morava. Há exatos 13 dias após a ida de seu irmão José o tio Zeca. Eu sabia que pelo amor, sangue e amizade que  vovó tinha pelo irmão e compadre . Também pela idade, vovó ia precisar muita força para aguentar. Por essa preocupação mandei mamãe  ir  fica lá em Mussum  junto dela. E mamãe ouviu minha orientação e foi, com isso, teve a ainda oportunidade de ficar uma semana junto da mãe. 
Estava viajando  e hoje quando cheguei já nas primeiras horas recebi a notícia. Fiquei muito triste. Triste pois tinha conversado com mamãe que iria lá ver a vovó t:ão logo voltas…