sábado, novembro 30, 2013

VOVÓ AUGUSTA FOI MORAR COM DEUS.

Hoje  meu coração está sentido, doendo, entristecido. A poesia vem com inspiração de saudade. Porém, em meio a essa saudade que me aperta o peito vem as boas lembranças vividas junto de minha vovozinha querida  dona Maria  Augusta Tavares da Gama, a vó Augusta, mãe de minha mãe. Depois de 89 anos de vida, de experiências trocadas,  de sabedoria repassada vovó se foi ontem (29) , no final da tarde, lá mesmo na comunidade onde morava. Há exatos 13 dias após a ida de seu irmão José o tio Zeca. Eu sabia que pelo amor, sangue e amizade que  vovó tinha pelo irmão e compadre . Também pela idade, vovó ia precisar muita força para aguentar. Por essa preocupação mandei mamãe  ir  fica lá em Mussum  junto dela. E mamãe ouviu minha orientação e foi, com isso, teve a ainda oportunidade de ficar uma semana junto da mãe. 

Estava viajando  e hoje quando cheguei já nas primeiras horas recebi a notícia. Fiquei muito triste. Triste pois tinha conversado com mamãe que iria lá ver a vovó t:ão logo voltasse de viagem. Só que Deus tinha outros projetos e levou D. Augusta antes que eu pudesse ir vê- la. Chorei muito, com sentimento de dor pela separação  daquela mulher tão forte e tão determinada, mesmo apesar da idade, era sempre lúcida e sabia muito bem o que dizia e queria .Enfim, vovó era uma senhora guerreira e de muitas vitórias. E deixa-nos muitas saudades e ensinamentos. Agora a famosa dona Augusta já está no céu, junto de Nosso Senhor Jesus Cristo. Por isso peço ao Senhor Jesus  que conforte, de forma especial,  a todos os filhos e filhas e entre eles e elas, minha amada mãezinha que lá está neste momento. 


 Não irei ao Mussum, prefiro ficar aqui rezando por nossa família. Em cada um de nós, tem um pouco da vovó e de momentos bons  com ela vividos. Já choramos juntos netos, bisnetos  e noras mesmo distantes, mas juntos em pensamentos e orações pela nossa matriarca que resolveu deixar Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e para ir morar com o Pai e certamente, neste momento, lá no céu.  Deus em sua infinita bondade sabe exatamente o que faz, e ao registrar a morte de vovó, aproveito para registrar a chegada de Clara a mais nova membra da família, nasceu em Manaus e é Tataraneta da vó Augusta. A Clara é filha da Kellen que é filha do meu irmão, neto  da vó Augusta, portanto Clara é  bisneta de minha mãe d. Raimunda e PRIMEIRA tataraneta da vovó Augusta. 


Diante das duas notícias só tenho a dizer, obrigada meu Deus por nos trazer Clara .  Ao mesmo tempo, peço  que  cuide bem da vovó  Augusta. Neste momento vovó recebe o carinho da família e amigos, em forma de oração,  em uma celebração na igreja de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro em Vista Alegre e depois na Vila de Santa Cruz na igreja de Nossa Senhora de Nazaré receberá as últimas homenagens, para então,  ser sepultada no cemitério de Santa Cruz.


Socorro Carvalho

2 comentários:

  1. Oi amiga Socorro,meus sentimentos à você e à todos familiares.
    Parabéns pela chegada da Clara.
    bjs
    Carmen Lúcia-mamymilu

    ResponderExcluir
  2. Meus sentimentos ...
    Bela homenagem para quem nessa vida foi só amor e proteção...
    Que esse anjo que chegou à sua família traga conforto e alegria a todos...
    bjo

    ResponderExcluir

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens em destaque

POEMA CABOCLO

Meu amor... Tem cor de alvorecer. Carícia de brisa das manhãs. Cor de pôr do sol. Aroma de cupuaçu... Sabor do bombom de muruc...