terça-feira, janeiro 14, 2014

NOITE FRIA DE JANEIRO...

Gosto desse ritmo,  que me embala as emoções...
Aguçando sensações e sentimentos verdadeiros.
Numa nostalgia íntima de segredos.
O repertório  do  vento a dedilhar canções...
Tocando-me  a pele nesta noite fria.
Pensamentos que divagam,
Entre súditos desejos ...
Esse pulsar ardente  que ritma dentro  do peito,
Faz o coração acelerar...
Em meio a utopias e devaneios.
O sono vem,  como mensageiro.
A noite  está fria.
Fecho os olhos
No calor da cama e dos lençóis
Embalo a fantasia,
Simples nostalgia

Estou aqui tão sozinha...
Nesta noite fria
De janeiro...


Socorro Carvalho

3 comentários:

  1. Um poema com alguma solidão e uma imagem magnífica!
    Onde vai buscar imagens tão encantadoras?
    Os poemas na sua inspiração...altamente sensual!!!

    ResponderExcluir
  2. Vengo del Blog de EVANIR (aviagen) y me ha encantado Tu Mágico Espacio; por lo cual, si no te importa, me hago seguidor de tan bello Rincón.
    ¡¡¡Ah!!!Si puedes pásate por mi blog:
    http://poesiayvivencias.blogspot.com.es/
    Abraços.

    ResponderExcluir
  3. As noites do mês de janeiro são realmente frias,pelo menos,aqui em Portugal. Mesmo assim,desejo-te uma excelente semana!! Muitos beijinhos,fica com deus e até breve!! http://musiquinhasdajoaninha.blogspot.pt

    ResponderExcluir

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens em destaque

Chuva que rega saudade...

O dia amanheceu chovendo. Passou nublado. A tarde chegou com um tímido  sol .  Ao meu redor,  vejo rastros de saudade a penetrar me...