domingo, fevereiro 16, 2014

TRADUÇÃO DOS MEUS VERSOS...


Olho tudo ao meu redor e em cada paisagem sinto, nos lábios,  sabor de doce poesia. Ouço em cada som uma suave  canção de amor, que me contagia o coração. A flor que brota enfeitando meu quintal.


A chuva que vem nesta  manhã de domingo enquanto, da janela,  a contemplo molhando o meu chão. O cheiro de vida, de fertilidade invade meu respirar como fragrância a perfumar meu encanto. E a chuva segue forte caindo sobre meu teto, molhando e alicerçando  minhas possibilidades e sonhos. Na gaveta guardadas antigas recordações e no rádio velhas canções ressoam  provocando-me lembranças inesquecíveis. 


O ruído da chuva  se mistura com o pulsar do meu coração e dentro do  peito maravilhosas sensações. Um sentimento de felicidade, misturado com a alegria e o amor. A saudade vem de mansinho, visitar meus pensamentos. Saudade boa,  de momentos bons e encontros  bem vividos. A chuva continua caindo e eu, da janela,  só aprecio. Na mente versos escondidos nas entrelinhas do meu universo. 


No espelho vejo meu rosto, meu rosto de completa felicidade de amor retribuído e sentimentos recíprocos. Uma sensação fascinante toma conta do meu peito neste instante. Na janela do meu querer a chuva continua caindo, traduzindo meus versos. 


Ah, como é boa essa sensação,  que ora me toma o peito, invade meu coração e se derrama em forma de  poesia natural surgida da minha mais singela  inspiração...Tradução dos meus versos, nesta linda manhã de domingo quando o amor e a felicidade enchem de vida e esperança esse meu louco  coração...


Socorro Carvalho 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens em destaque

DANIELLE LIMA!! PARA VOCÊ, UMA CARTA DO MEU CORAÇÃO... FELIZ ANIVERSÁRIO!!!

Querida filha, Danielle Katrine Hoje, pensei em te fazer um poema!! Rimar versos para te falar do meu amor... Mas como poetizar,...