segunda-feira, abril 14, 2014

E AO CHEGAR AOS MEUS 20 ANOS, TENHO SIM ALGO A DIZER:


" Orgulho-me  de ser quem eu sou... 



É sério,

por mais que a vida cobre muito, e me jogue ciladas, me orgulho de está passando por ela e superando as dificuldades. Orgulho-me  demais de estar sendo forte para enfrentar a todos que querem meu mal, os obstáculos, as consequências e, o melhor de tudo,  aprender com cada um deles."

Orgulho-me também de ter e poder com quem contar...principalmente nos momentos em que pareço fraquejar. Mas que só pareço. Criei raízes tão fortes, que tornei-me quase inabalável, e mesmo que tentem, pra me derrubar, vão ter de se esforçar muito.




E nunca deixando jamais de perder a FÉ em DEUS. Busco alcançar meus objetivos, por mérito e esforço próprio, sem ter de passar por cima de ninguém... isso é ter princípios, dignidade, caráter, educação... princípios esses muito bem ensinados pela minha Mãe ( Socorro Carvalho). À quem devo tudo... Mas, em um mais que especial agradecimento quero dizer: Muito obrigado Mãe, por junto com as pessoas que ao longo do tempo vieram a somar na minha vida (família, namorada,amigos), me tornar o que hoje sou... 



Muito obrigado mesmo ! —  se sentindo abençoado.


Pedro Carvalho Lima

* Lindo, filho. Você é o meu Bem mais valioso... Te  Amo INFINITAMENTE.
Você  é meu presente de Deus!!

Um comentário:

  1. SOCORRO,

    lindíssimo e emocionante!

    Quem planta colhe e você colheu este filho na sua mais prura expressão de sincera gratidão.

    Tenho sentido sua falta nos meus blogues.

    Não é cobrança, apenas uma lembrança.

    Combinado?

    Um abração carioca.

    ResponderExcluir

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens em destaque

DANIELLE LIMA!! PARA VOCÊ, UMA CARTA DO MEU CORAÇÃO... FELIZ ANIVERSÁRIO!!!

Querida filha, Danielle Katrine Hoje, pensei em te fazer um poema!! Rimar versos para te falar do meu amor... Mas como poetizar,...