UMA PAUSA, NA POESIA...



Hoje faço uma pausa na poesia...
Largo a caneta, amasso  páginas rascunhadas.
Chega de versos inacabados.
Já não quero mais escrever cartas sem respostas.
Preciso de silêncio, para pensar.
Os ruídos sociais atormentam meus ouvidos.
São tantas regras, pesos e medidas.
Preciso despedir-me de sentimentos contidos.
Talvez a espera já não tenha mais sentindo.
A inspiração está falida...
Prosas e rimas estão em desatino.
O encontro ?
É uma espera infinda
Perdida  no vácuo dessa  imensa distância...
Os gritos de agonia, suprimidos nas entrelinhas,
Jamais  foram ouvidos
No eco desse desencontro contínuo...
Enquanto o tempo segue taciturno
Fantasiando destinos "impossíveis".
No íntimo da poética, o abandono.
Suspensos no coração estão os  versos e rimas.
Chega de poesia...


Socorro Carvalho


Comentários

Postar um comentário

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens mais visitadas deste blog

Frases picantes que homens gostam de ouvir na hora do sexo

UMA CARTA PARA MEU FILHO AMADO..

ENFIM... MEUS 18 ANOS DE IDADE!!!