FUNDAÇÃO BB PARTICIPA DE SEMINÁRIO DE COMUNICAÇÃO COMUNITÁRIA EM ALTAMIRA

De 5 a 7 de junho, o Município de Altamira vai sediar o  Seminário de Comunicação Comunitária na Amazônia.

O encontro vai debater as mídias livres na região e apresentar as ideias vencedoras do concurso Webcidadania Xingu.

A Fundação Banco do Brasil participa da cerimônia de abertura e da oficina de Metarreciclagem.

O seminário  é uma ação complementar ao Plano de Desenvolvimento Rural Sustentável do Xingu (PDRS), voltado para a promoção da melhoria da qualidade de vida dos 11 municípios da região que envolve: Altamira, Anapu, Brasil Novo, Gurupá, Medicilândia, Pacajá, Placas, Porto de Moz, Senador José Porfírio, Uruará e Vitória do Xingu.

Visa ainda propiciar a troca de experiências sobre mídia comunitária na Amazônia e sua relação com outras áreas da sociedade, como política, cultura e arte.

A meta é reunir 150 participantes entre jovens que atuam na cultura digital (em especial na comunicação e informação); gestores públicos; articuladores e participantes de redes voltadas à economia solidária, geração de trabalho e renda; lideranças comunitárias; e especialistas na construção e análise de conteúdos socioculturais e de desenvolvimento social.

Na abertura  ocorrerá a apresentação das 21 propostas ganhadoras do Webcidadania Xingu, concurso de idéias para melhoria da região.

Além de visibilidade nas redes sociais, as propostas vencedoras serão entregues ao Comitê Gestor do PDRS Xingu e disponibilizadas para os governos estadual e municipal.

A programação consta de  palestras, debates com especialistas e oficinas  práticas relacionadas à cultura digital: software livre, edição de áudio, edição de vídeo, rádio web, edição gráfica, animação digital, montagem de servidores locais e mapeamento digital, entre outras.



A oficina de Metarreciclagem, por exemplo, ensina a reaproveitar componentes de informática ultrapassados e a destinar, corretamente, o  lixo eletrônico na montagem de novos computadores e equipamentos. Na atividade a Fundação BB vai compartilhar a experiência no projeto Estações de Metarreciclagem - espaços adaptados para o recondicionamento de equipamentos de informática usados, de modo a deixá-los em condições de funcionamento. Na estação, jovens têm aulas e aprendem na prática a testar, consertar, limpar, configurar e embalar máquinas descartadas. Os equipamentos ficam prontos para serem doados a telecentros, bibliotecas, escolas e pontos que possam promover inclusão digital.

Tecnologia social - O concurso Webcidadania Xingu foi desenvolvido a partir da metodologia Concurso Cidade Democrática, do Instituto Seva, certificada como tecnologia social na edição 2013 do Prêmio Fundação Banco do Brasil. O ‘Cidade Democrática’ identifica demandas coletivas a partir da participação social de jovens, com o objetivo de criar soluções inovadoras que possam fortalecer políticas públicas baseadas no que a juventude quer para as cidades.

Realizado a cada dois anos, o Prêmio Fundação Banco do Brasil visa identificar tecnologias sociais que promovam envolvimento comunitário, transformação social e possam ser reaplicadas local, regional ou nacionalmente. As tecnologias sociais certificadas pela Fundação BB passam a integrar o Banco de Tecnologias Sociais (BTS), uma base de dados on-line disponível no site www.fbb.org.br/tecnologiasocial e que contém informações sobre as tecnologias e instituições que as desenvolveram.

Fonte: Site FBB

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Frases picantes que homens gostam de ouvir na hora do sexo

UMA CARTA PARA MEU FILHO AMADO..

ENFIM... MEUS 18 ANOS DE IDADE!!!