domingo, maio 17, 2015

UMA CARTA PARA MEU FILHO AMADO..

.
Querido filho!

Hoje, não é um dia qualquer, é uma data muito especial,  dia do seu aniversário, 12 de abril. Puxa! Como o tempo passa rápido e hoje, você já está completando 21 anos de idade. Isso mesmo, 21 anos de idade, com isso adquire a completa maioridade. 

Como você cresceu! Tornou-se um homem bonito e determinado, mas cá em meu coração de mãe apaixonada, as mais variadas lembranças do seu tempo de criança. Até mesmo, muito especialmente, de você pulsando em meu ventre.  A insistência do médico para lhe tirar de seu conforto, do qual parecia não estar interessado em sair. Mas Dr. Latino com todo seu cuidado e paciência conseguiu lhe tirar, mas você sem nada entender, se danou a chorar e chorar. Um choro, não de dor, mas de surpresa ao mundo que lhe esperava. Enquanto de meu leito o contemplava e também chorava. Chorava de alegria, de felicidade. Era meu verso mais lindo eclodindo como uma recompensa da minha mais doce inspiração. Minutos depois já mais calmo, entre soluços, olhava curioso sem saber direito onde estava. Eu boba estava e muito feliz com  sua chegada.


Você chegou  lindo e reluzente em uma linda terça feira de sol e se tornou o meu maior momento, naquela manhã preciosa e iluminada. Meu peito sorria e chorava cheia da mais intensa felicidade e do agradecimento mais emocionao. Agradecimento a Deus pela oportunidade de gerar um ser e exercitar o dom sagrado da maternidade. Eram tantas emoções, que sinceramente nem sei definir direito. Em meu colo lhe aconcheguei e chorei, mais uma vez. Era você filho! Meu lindo rebento. A rima perfeita do amor mais lindo e claro que meu coração já sentiu pulsar. Era você, meu presente de Deus, em forma humana. Um bebê lindo com seus quase quatro quilos da mais fina e rara preciosidade.


O tempo foi passando e cada momento seu era sempre ímpar em minha vida, em meu coração. Seu primeiro dentinho, seus primeiros passinhos, seu jeitão de ursinho Puf  caminhando pela casa e quintal, vestido de camiseta ( já pequena em seu corpo) e a fralda branca era meu mais lindo encanto. A ida para escola, o primeiro dia de aula, o primeiro desfile escolar, a formatura da pré educação, nossa!! Tudo muito bem vivido pela minha emoção de mãe. E em cada uma delas lágrimas de alegria e felicidades.

O tempo seguiu e você foi crescendo e crescendo, o ensino fundamental, o ensino médio, o quartel cada instante intenso sob minha observação e admiração. A cada dia você se transformava em um menino bom, cheio de virtudes e bondade,  como resposta a esse meu amor de mãe,  sentimento incomparável.

Além do meu amor, cresceu cercado do amor e carinho de toda nossa família, vizinhos e amigos. E esse sentimento é que fez de você esse grande ser humano. Lindo e admirável. Nunca exigi  nada absurdo de você, mas acima de tudo, ensinei que sempre devemos cativar os valores e ter respeito pelo nosso próximo. O uso do bom senso, também, ensinei que é importante e por meio dele podemos tornar o mundo melhor. Enfim, sempre procurei ensinar a você que o caráter é de uma pessoa de bem se molda a partir da essência e sobrenomes não é o  mais importante. Porém, não posso esquecer que  após seu nome tem meu sobrenome  Carvalho madeira firme, capaz de suportar qualquer tempestade e Lima que  tem a doçura certa que dá o contraste  para que seja esse ser tão amado e precioso. 


Enfim, hoje ao lhe ver adulto, todo lindo, me emociono em cada instante e, em muitos momentos, sinto as lágrimas regando minha face. Lágrimas de felicidade, filho.Felicidade por ter conseguido cumprir com amor minha missão de mãe. O mais legal é sentir que todo meu amor não foi em vão e você , por onde passa, sabe se tornar lindo e admirável. Isso é o melhor e o maior bem; Saber que criei uma pessoa do bem. Saber que as dificuldades só fortaleceram minha força de mulher e mãe, para lhe cuidar e defender. 

Talvez, em alguns momentos, meu excesso de amor possa ter lhe sufocado, mas sabe filho lindo, é que tenho medo da maldade do mundo. Não me importo com os rótulos de boba, coruja, que me dão. Pois o mais importante é poder cumprir minha missão de mãe, independente da idade que você possa ter. Porque serei sua mãe para sempre. Talvez eu não seja  a mãe perfeita, mas sou eu a mãe que lhe gerou e lhe ama com todas as forças do meu  coração.

Sou eu a   mulher a quem  Deus deu o privilégio de ser sua mãe. E disso filho,  tenho a maior gratidão a Deus. Por isso encerro pedindo que Ele sempre lhe proteja e esteja junto de você guiando e conduzindo seus passos, 


Deus lhe abençoe, filho amado.

Te Amo!!

Com todo amor de sua mãe:

Socorro Carvalho




Santarém, 12 de abril de 2015
Aniversário de 21 anos de idade do meu filho Pedro.

4 comentários:

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens em destaque

Chuva que rega saudade...

O dia amanheceu chovendo. Passou nublado. A tarde chegou com um tímido  sol .  Ao meu redor,  vejo rastros de saudade a penetrar me...