domingo, abril 02, 2017

PARA, MEU NETO, PEDRINHO: AROMA DE SAUDADE...


Pedrinho...

Hoje, acordei com o seu cheirinho no ar. O vento me trouxe poesia, com aroma de lavanda. O cheiro singular do seu perfume. O ar estava cheio de você, assim como está cheio de saudades o meu coração. Saudade do seu sorriso, da sua pele macia. Saudades de suas conversas só entendidas entre eu e você. Então, na lembrança, viajei no seu sorriso. Senti saudade do seu riso. Sua risada linda. Era minha tristeza, com saudade da sua alegria. 


Engraçado!! Você chegou um dia desses, faz tão pouco tempo. Porém, o tempo suficiente para me apaixonar e me encantar com o encanto do seu jeito especial de ser. Seu sorriso lindo, reluziu felicidade em meu coração, justo no meu coração já tão desacreditado da bondade humana. Mas o legal,  é que em você encontrei a certeza de que apesar de tudo, ainda, vale ter esperança em um  mundo melhor. 


Mesmo sem nada dizer, sua presença encheu de vida minha vida. Com a música da sua alegria deu sentido e coreografia em minha dança.  Seu riso deu sincronia em meu ritmo e me trouxe a mais doce esperança. Esperança preciosa e inspiradora em  cada manhã. 


Sua presença instigou minha luta, se tornou grande motivo da minha busca. Na distância, você é minha mais linda lembrança, saudade que nubla meu olhar a cada instante em que percebo que você não está aqui, junto de mim. Porém, a saudade é tanta que lhe transporta para dentro do meu coração.  Presença que enche de rima, a minha mais singela poesia. 


É Pedrinho, como pedra rígida e polida, você se fez alicerce na construção da minha vida. Enfim, você é minha mais linda e gostosa poesia. Longe de você, tudo é tão triste, vazio. Apenas a certeza de um breve reencontro, inspira meus dias, me faz seguir na vida. 

Oh, neto querido! Você é o sabor  doce da minha vida, rima sublime do meu poema, delícia do meu verso. Sem você, fico triste. Porém, minha lida não é em vão e um dia sua compreensão vai me agradecer. E eu espero muito  poder lhe contar um pouco da minha vida, minha história. E sei que você vai compreender, que  toda minha ausência , hoje,  foi só para mais tarde  ficar mais perto de você. 

Sei que ainda é muito pequeno para entender. Mas minha certeza e fé em Deus é que você , logo, vai crescer. Enquanto isso, mesmo na saudade, você será sempre a linda razão do meu viver. 

Não importa a distância geográfica, pois estamos e estaremos eternamente juntos, no sangue que nos une e me permite estar sempre junto de você.  Todos os dias,  sempre, estamos juntos na oração de cada noite e em cada nova manhã,  quando peço para Deus cuidar e proteger você, esteja onde estiver. 

Ah, Pedrinho! Preciso parar de escrever, pois a saudade já começa a  transbordar de meus olhos, neste momento.  Sabe, filho! O coração da vovó está imergido numa imensa saudade. Uma saudade  tão grande nem sei mais  o que fazer, além de sonhar com você juntinho de mim. 


Que a poesia da vida sempre me traga inspiração,  para escrever   e registrar todo o amor que sinto por você.


Seu perfume continua a perfumar meus sentidos enquanto sigo a pensar em você, meu amor. Em meu respirar, aroma de saudade... SAUDADE de  você, Amor da vovó!



TE AMO, PEDRINHO!!


Com saudade


Sua vovó  - Socorro Carvalho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens em destaque

Chuva que rega saudade...

O dia amanheceu chovendo. Passou nublado. A tarde chegou com um tímido  sol .  Ao meu redor,  vejo rastros de saudade a penetrar me...