sexta-feira, dezembro 31, 2010

ADEUS ANO VELHO E FELIZ ANO NOVO!!!

Euzinha na sala do Rádio Pela Educação, na quinta-feira, 30 de dezembro de 2010.

2010 terminou e lá estou eu novamente, preparando o espírito para viver um novo ano!!!

Olho o tempo que passou e percebo o quanto tenho a agradecer ao Deus da Vida, antes e acima de tudo pelo próprio dom da vida. Depois agradeço pela minha família, em especial, meu filho Pedro e minha mãe d. Raimunda. Que ao longo de cada dia suportaram meu cansaço, tpm, preocupações e ansiedades. E quando tudo parecia sem chão e sem vida eram meu porto seguro, apoiando-me e acalentando meu coração.

 
Agradeço pelas amizades boas com as quais pude conviver e partilhar muitos momentos preciosos da vida. Agradeço pelas novas amizades construídas e que vieram somar um pouco mais em minha existência.

 
Agradeço pelas oportunidades, desafios, alegrias e tristezas pois através deles percebi que me tornei mais forte e segura. Agradeço pelo dom da poesia que me proporcionou tantos poemas bonitos e rimas alegres. Agradeço a você pelos sentimentos que me impulsionou a viver no alvorecer de cada novo dia e até por ter me sido inspiração de mil e uma poesias. Enfim, tenho muito a agradecer neste final de ano.

 
Durante 2010, aprendi muitas coisas legais e interessantes. Mas diante de tudo que preciso aprender, ainda sei muito pouco.

 
O ano termina, mas dentro do meu coração se renova a chama da Fé e da Esperança. Fé que amanhã, eu possa ser melhor que hoje, e assim consiga ajudar na construção de um mundo melhor e mais justo. Esperança de ver o Mundo sem tanta violência e todas as crianças com a felicidade estampada na cara e no coração. Talvez tudo isso seja utopia, simples empolgação festiva. Mesmo assim, penso que vale muito acreditar e buscar um mundo melhor construindo pessoas através da compreensão e do amor.

 
Esse ano conheci diversas pessoas maravilhosas entre elas estão: Berg, Solange, Suelen, Ronie Von, Josué, Marcus, Luciana, Cirlene, Ivan, Ronildo, Aurienes, Elissandra, Ronélia, Djanira, Rafael, Gabriel, Everton, Léia, Clevanira, Feleol, Sinai, Ronaldo, Mithael, Karla, Ândria, Dione, Germando, Kassiane, Everton, Acivaldo, Leda, Eliete, Marilena, Wilk, Naiana, Magda, Mira, Bira, Júlio, Oberdan e tantos outros/as
que não me recordo o nome, no momento.
Novas amizades!!
Um sinal de que, apesar de tudo,
ainda é possível se cativar a semente mágica da amizade
que gera tantos frutos deliciosos.


Ao longo desse ano que ora se finda, graças a Deus, pude aproveitar cada segundo com muita intensidade. Os momentos no Projeto Rádio pela Educação, com a turma da Rádio Rural e da RNA, na escola São Francisco, junto dos meus familiares e amigos(as), momentos preciosos e sem preço pois o valor é incalculável.

Hoje, é o último dia do ano e eu termino muito feliz por estar aqui
cheia saúde e pronta para encarar  os desafios da vida.
Para isso, só  quero que Deus esteja sempre comigo!!!


Obrigado 2010!!
Seja bem vindo 2011!!!!


Você que dia a dia, direta ou indiretamente,
ajudou e ajuda em minha inspiração para que eu pudesse e possa escrever a poesia da vida...
Meu grande e afetuoso abraço
com meu muito OBRIGADO
por você existir e fazer parte da minha vida.

Até 2011!!!!!
 
Um beijo no seu coração
 
Com carinho
 
Da Socorro Carvalho
 

3 comentários:

  1. Gostei do blog!
    Parabéns!

    Visite-nos e deixe seu recado!
    http://encantosdahistoria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Já estou te seguindo!

    Visite esse outro blog também e deixe seu recado.

    http://escrita-fina.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. mirika bemerguy11:39 AM

    Amiga, sempre fui sua fã e seguidora do blog, só não tenho comentado...mas aqui estou eu, tá 2011 seu blog! bjs

    ResponderExcluir

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens em destaque

Chuva que rega saudade...

O dia amanheceu chovendo. Passou nublado. A tarde chegou com um tímido  sol .  Ao meu redor,  vejo rastros de saudade a penetrar me...