AMOR TRAVESSO

Em seu corpo
Passeio livre e suave...
Entre toques e carícias beijo sua boca
Adormeço minha ânsia em seu desespero.
Em seu abraço, aqueço-me
No calor da loucura...
Huumm! Que fissura!
Nesse querer sem medidas
Quero seu corpo inteiro
Na troca desse amor sacana.
Poder dedilhar seu corpo
Embarcar e viajar
Em todas as formas de desejos
Escondidos dentro de você.
Na fonte proibida
Quero beber malícia...
Matar minha sede
Com a seiva bruta que vem de você.
Seiva tenra que brota do “ falo” (quente)
Faz-se alimento, suprimento para sobreviver...
Seiva que irriga, dá sabor
Molha, enche, transborda,
Faz-se bebida preferida
Ingerida no êxtase...
Delícia ardente.
Saciando-me de prazer.
Gozo ímpar
Amor travesso que junta eu e você.


Socorro Carvalho

Comentários

  1. Socorrinha, to seguindo o seu blog... Bj... Rômulo d'Castro

    ResponderExcluir
  2. Essa é a Help!!! Com seus poemas inebriantes e que nos faz embriagar de sentimentos bons e duradouros. Ufaa! srsrs
    Beijokas, querida!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens mais visitadas deste blog

Frases picantes que homens gostam de ouvir na hora do sexo

UMA CARTA PARA MEU FILHO AMADO..

ENFIM... MEUS 18 ANOS DE IDADE!!!