segunda-feira, janeiro 31, 2011

MEU INSANO ESPELHO LOUCO

Te procuro por dentro de mim em cada passo que eu dou
E não te encontro.
Caio no abismo sem fundo da melancolia
Donde não pretendo mais sair.


Me vejo por dentro dos teu olhos,
Espelhos insanos de uma alma atormentada por tua ausência.
Retinas loucas que gravam teus traços ancestrais e
Que sonham usando tua alma.


Te tenho.
Outra vida renasce das cinzas, minha fênix.
Outros sons e sussurros ecoam por entre nossos lençóis
Juntos com teu gosto e teu cheiro.


Teço em teus cabelos
A manta que me aquece,
E esquece o que ficou trancado dentro do Meu insano Espelho Louco.







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens em destaque

Chuva que rega saudade...

O dia amanheceu chovendo. Passou nublado. A tarde chegou com um tímido  sol .  Ao meu redor,  vejo rastros de saudade a penetrar me...