segunda-feira, janeiro 17, 2011

POR DETRÁS...

Gosto de sentir tua rima
Invadindo meus versos.
Gosto de tua métrica
Dividindo minha poesia.
Gosto do calor da tua língua
Aquecendo meu poema...
Gosto das tuas mãos indelicadas,
Insanas...
Acariciando meus segredos
Acordando meus devaneios.
Gosto de sentir teus dedos
Desenhando minha imaginação...
Molhando a fonte dos meus desejos.
Gosto da tua fúria louca
Tragando minha sensatez...
Esvaziando conceitos arcaicos.
Gosto do teu gemido insinuante
Despertando minha loucura escondida...
Gosto dos teus braços
Apertando-me,
Trazendo a tona
Cada verso pervertido
Em minha entranha escondido...
Gosto da mais completa volúpia
Fazendo-te derramar
Como seiva bruta, quente
Aquecendo o espaço
Do “labirinto” proibido...
Gosto de ouvir o ápice do teu desejo
Alternando-se entre sussurros e gritos.
Alucinado
Ensandecido
Sinto-te
Invadindo frestas
Por detrás
Dos falsos conceitos
Considerados proibidos...


Socorro Carvalho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens em destaque

Chuva que rega saudade...

O dia amanheceu chovendo. Passou nublado. A tarde chegou com um tímido  sol .  Ao meu redor,  vejo rastros de saudade a penetrar me...