segunda-feira, janeiro 24, 2011

RÁDIO DE SANTARÉM É FERRAMENTA EDUCATIVA NA REGIÃO OESTE DO PARÁ

Colocar uma rádio no ar é dar voz e vez a milhares de pessoas. Assim, em Santarém (PA), o projeto Rádio pela Educação, leva, por meio das ondas, informações e aprendizado para alunos e professores de escolas da rede municipal da região oeste do Pará.

Desde 1999, quando foi criado, o Projeto desenvolve e incentiva ações de educação e comunicação, com o objetivo de melhorar o processo de ensino e aprendizagem, despertando a consciência crítica das crianças e adolescentes na busca da valorização de seus direitos. Também incentiva a leitura e a escrita, além de garantir o conhecimento na produção de programas radiofônicos. A iniciativa foi vencedora do Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social 2009, na categoria Protagonismo juvenil e direitos da criança e adolescente Região Norte e tem como principal instrumento, o programa de rádio Para Ouvir e Aprender que é ouvido em salas de aula por professores e alunos da 1ª a 4ª séries e moradores das zonas urbanas e rurais.
"Produzir o Programa Para Ouvir e Aprender é vivenciar histórias e realidades de uma diversidade de crianças e educadores dentro do coração da Amazônia. E são histórias preciosas que me fazem sonhar acordada. O carinho que vem em cada carta é inspiração que me dá ânimo e alicerça minha produção. Em cada novo dia ensino, aprendo e reaprendo numa troca constante de conhecimentos", declara Maria do Socorro Carvalho Lima, produtora do Para Ouvir e Aprender e coordenadora de produção do projeto Rádio Pela Educação.

Com uma linguagem simples e direta, o Programa é gravado na Rádio Rural de Santarém, com participação de alunos na transmissão. Dentro da sala, os professores sintonizam na frequência e desenvolvem as atividades com as crianças. Os temas são escolhidos por meio de um guia pedagógico produzido por educadores voluntários, equipe técnica e acadêmicos da atual Universidade Federal do Oeste do Pará - UFOPA. Já está em andamento a produção de um novo guia, que será utilizado este ano. Com o sucesso do programa, a demanda de cartas aumenta a cada dia e, muitas vezes, não é possível ler todas que chegam à redação.

Com o Prêmio que recebeu da Fundação BB, R$ 50 mil, foram realizadas ações de melhorias no projeto como: recadastramento e cadastramento de escolas no Projeto; capacitação de educadores; capacitação e ampliação de rede de repórteres; instalações de rádios escolares (sistema de som); compra de gravadores; produção de programas; otimização do espaço do ponto de leitura; IV Encontro do Projeto Rádio pela Educação, realizado em dezembro 2010 e a elaboração do guia pedagógico Vol. 09.

A tecnologia social faz parte das obras sociais da Diocese de Santarém, e, hoje, tem como principal parceria a Secretaria Municipal de Educação de Santarém, além do Projeto Ponto de Leitura.

Por  Dalva de Oliverira - Fundação Banco do Brasil
 Foto: César Sousa


2 comentários:

  1. Parabéns, são iniciativas como essas que tornam esse país melhor, educação é a única forma de melhorar as vida das pessoas.
    Cultura é essencial, afinal a gente não quer só comida, a gente quer comida, diversão e arte.

    Seu blog está cada vez melhor e me emocionou com esse texto!

    Venho do nordeste, tenho duas faculdades e um pós graduação, mas minha mãe de 55 anos se alfabetizou depois dos 50 anos e hoje faz a quarta série do ensino fundamental, isso é um grande orgulho para mim.

    Abraços e te espero no sabor da letra.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns, Socohelp
    Fico Feli por você... A águia aprendeu a voar e estar chegando longe... Sucesso amiga, torço por você a cada dia!!!

    ResponderExcluir

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens em destaque

DANIELLE LIMA!! PARA VOCÊ, UMA CARTA DO MEU CORAÇÃO... FELIZ ANIVERSÁRIO!!!

Querida filha, Danielle Katrine Hoje, pensei em te fazer um poema!! Rimar versos para te falar do meu amor... Mas como poetizar,...