quarta-feira, fevereiro 02, 2011

VIAGEM....

No ócio do meu desejo
Sinto na pele
O passeio de suas mãos...
Sinto-me um rio
E você como um barco a me navegar...
Como um velejador experiente
Vai conduzindo meus sentidos
E em cada remanso
Perde-se de seu destino
Indo e vindo, entre leves e sutis movimentos...
Já nem sabe mais o rumo a seguir.
E na fragrância natural do meu corpo
Perde-se inteiro.
De repente
Tenta fugir da emoção
Procura a direção exata
Enquanto suas mãos passeiam já meio afoitas
Na maré do meu rio que já se levanta...
Desnudando-me os poros
Excitando-me a imaginação...
De repente
Sinto você naufragar dentro de mim
Na sofreguidão dos seus delírios


Socorro Carvalho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens em destaque

Chuva que rega saudade...

O dia amanheceu chovendo. Passou nublado. A tarde chegou com um tímido  sol .  Ao meu redor,  vejo rastros de saudade a penetrar me...