segunda-feira, março 28, 2011

HORAS...


Em cada fragmento do tempo
Pedaços de poemas
Rascunhos amassados
Jogados ao chão...
Em cada pensamento
Vagueiam rimas perdidas
Esquecidas no coração...
O amor palpita
Na voz subtendida
Sepulta-se a ilusão
Quimeras perfumam os versos
Enquanto a mente
Trava uma luta constante
Entre o querer e o esquecer...
O tempo passa
Alienado as circunstâncias
Atropela a razão
Leva a esperança
Esvazia o coração...
Enquanto o poema incompleto
Repousa sobre a mesa
Devaneando tentativas vagas de esquecimento
Na saudade...Adormeço.
Horas...
Horas infindas
Tempo que devora meu peito.


Socorro Carvalho

24.03.2011
Inspiração  em  hora vaga na Ufopa.
O poeta é assim caminha sempre junto com a arte ...
  a poesia surge da alma


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens em destaque

DANIELLE LIMA!! PARA VOCÊ, UMA CARTA DO MEU CORAÇÃO... FELIZ ANIVERSÁRIO!!!

Querida filha, Danielle Katrine Hoje, pensei em te fazer um poema!! Rimar versos para te falar do meu amor... Mas como poetizar,...