O TRATAMENTO CONTRA QUEDA DE CABELOS

Os cabelos têm um ciclo vital: crescem, fenecem e caem; por isso os especialistas consideram normal a queda de 30 a 90 fios diários, principalmente quando verifica-se a reposição dos fios perdidos. Configura-se afecção quando essa substituição não ocorre; sem as devidas providências poderá culminar num problema de difícil reversão: a calvície.

Em geral a queda de cabelos tem origem numa fadiga geral do organismo, provocada pela falta de vitaminas, sais minerais, proteínas, ambiente fechado sem ventilação, luz artificial, uso excessivo de boné, além do fator emocional: ansiedade, estresse, preocupação ou qualquer tipo de desgaste mental.

É que o ser humano tem dificuldade de confiar na “Providência” e acredita que o excesso de competitividade, agilidade mental, irá prover, gerando uma super atividade cerebral.

Existe um mineral, o silício, que no nosso corpo encontra-se mais concentrado na pele, cartilagens, ossos, tecido nervoso, couro caabeludo. Na alimentação, encontra-se no morango, castanha-do-pará, chicória, aveia, principalmente nos seus grãos e na água do cozimento. Na alface, couve-flor, etc.. Sua deficiência leva à fraqueza e queda dos cabelos além de provocar rugas, rachaduras de pele, enfraquecimento das unhas e hipersensibilidade nervosa.
Nosso cérebro necessita do silício, que é destruído com tensões nervosas e o organismo começa a retirar dos cabelos, pele e unhas. Vira um círculo vicioso: os desgastes mentais distroem o silício e sua falta provoca nervosismo.
As frutas, verduras, levedura de cerveja, germe de trigo (fechado à vácuo), limão, melado de cana, iogurte, castanhas, abacate, arroz e pão integral, irão compor as vitaminas, sais minerais e proteínas necessárias.

Alguns fabricantes têm estimulado o uso do shampoo à base de proteínas, para ser absorvida pela raiz dos cabelos, o que não é possível. É propaganda enganosa! Apenas os aminoácidos são absorvidos para fazer parte da estrutura de uma célula, e este trabalho só é feito em nosso aparelho digestivo.

O uso de cremes, sabões, etc., deverão ser acompanhados de uma boa alimentação.
Os shampoos industrializados poderão ser evitados, assim como alimentos gordurosos, frituras, carnes de qualquer espécie, açúcar branco, enlatados, alimentos artificiais em geral.

A higiene poderá ser feita com um shampoo caseiro, o melhor deles é o limão (se não houver tintura nos cabelos) que pode ser esfregado no couro cabeludo, evitando caspas, que também provocam queda dos cabelos. Creme feito artesanalmente com babosa, abacate, azeite de oliva, ovo (caipira), são excelentes.

Massagear o couro cabeludo com as pontas dos dedos dando pancadas firmes melhorará a circulação, assim como escovar os cabelos várias vezes ao dia, inclusive antes de dormir.

Tenho um amigo, que é calvo, recuperou parte dos seus cabelos fazendo imposição de mãos, dando total atenção a eles, conversando, amando-os. Todos os dias ele conversava com os seus poucos fios que restavam perguntando como estavam, o que precisavam, dizendo que seus cabelos estavam fortes e saudáveis, agradecendo ao Divino por que tudo ia muito, muito bem. Juntando isso a uma boa alimentação, higiene, boa circulação, seus cabelos passaram a gostar de estar no seu couro cabeludo. Amanhã, uma receita caseira de um creme para fortalecer os cabelos. Não perca!
                                                                                  

Autoria: Suzete Barreto Fonte: Tratamento Queda de cabelos

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Frases picantes que homens gostam de ouvir na hora do sexo

UMA CARTA PARA MEU FILHO AMADO..

ENFIM... MEUS 18 ANOS DE IDADE!!!