segunda-feira, março 14, 2011

REPENTE

Tenho vivido a sós com teu silêncio
em sonhos que me afogam e paralisam:
meus pés não sabem mais para onde pisam,
meu dia já não dura: a noite vence-o.

Tenho sonhado um beijo, tão terreno,
tão chão, tão pleno, tanto, que o divino
quisesse ser com ele, pequenino
grão de oceano em ribeirão sereno.

Mas és distância e não. Farol de luto,
o meu Amor, incômodo esquecido,
já não te diz mais nada: é só em si.

Tenho passado anos num minuto,
e tendo estado ali, tendo-o vivido,
tudo o que lembro é me lembrar de ti.

Jason Carneiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens em destaque

DANIELLE LIMA!! PARA VOCÊ, UMA CARTA DO MEU CORAÇÃO... FELIZ ANIVERSÁRIO!!!

Querida filha, Danielle Katrine Hoje, pensei em te fazer um poema!! Rimar versos para te falar do meu amor... Mas como poetizar,...