terça-feira, maio 17, 2011

SEM EXPLICAÇÃO...

Meu amor...
Como queria entender esse sentimento que pulsa dentro do meu peito... Mas apesar das tentativas tudo que consigo é viajar em cada mistério desse amor que me prende e que me sustenta. As interrogações diversas me deixam na contra mão, sentido único direcionado ao seu coração. No espaço que me cerca perambulam fragrâncias que  impregnam  meu respirar enchendo  de ilusões a existência. A voz tenta calar, abafar, sufocar... Mas é impossível, pois o coração sempre quer falar, desabafar, extravasar...
 Passam-se anos, meses, dias, horas, momentos e  em cada instante encontro um motivo novo para pensar em você. Seu olhar é enigma que ainda não consegui decifrar. Seu sorriso é inspiração, música suave, sinfonia e canção dentro do meu coração... Sua voz é ventania que sussurra loucura e desejo fazendo  arrepiar   minha pele.... Quantos mistérios  contidos dentro de   você  e em cada um deles uma contemplação que arrebata o meu amor.
Na incógnita deste silencio que me cerca, um  turbilhão de perguntas sem  respostas.
De repente tenho  uma leve  impressão que até  já lhe conhecia de outra vida... E que nossa realidade é nada mais que um reencontro de pós encarnação... Reencontro de um grande amor vivido  por nós dois, no outrora. Talvez seja essa a única explicação que encontro para justificar esse sentimento tão bonito que enche de alegria minha emoção.
 O tempo passa, as pessoas se vão, sem   significados e sem nenhuma emoção.Apenas você faz morada na minha realidade e imaginação.
Cada instante dividido com você  é como se fosse uma eternidade.
Assim de instante a instante e de pequenas partículas
 construímos nosso carinho e amizade.
Tornamo-nos inesquecíveis um ao outro.

 E no meio da noite você é minha mais deliciosa poesia.
Enquanto lá distante você me guarda entre seus mais doces pensamentos
Em cada alvorecer e no final de  cada dia...
A distância?
Não  nos  afasta, pelo contrário, nos aproxima
e em cada reencontro nossos olhares se enchem de encanto e adrenalina...
Seu cheiro  embriagante, é droga que me leva as alturas,
me deixa em êxtase...Completa loucura.
 Gosto de respirar seu hálito, beijar sua pele e adormecer em sua  boca...
Ah, esse sentimento que habita meu peito não tem definição...


Socorro Carvalho
* Hoje... nem tive tempo de olhar na janela  para contemplar o brilho do meu sol...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens em destaque

Chuva que rega saudade...

O dia amanheceu chovendo. Passou nublado. A tarde chegou com um tímido  sol .  Ao meu redor,  vejo rastros de saudade a penetrar me...