PLEBISCITO: TEMA 'DIVISÃO DO PARÁ' ESQUENTA DEBATE ACADÊMICO


Para possibilitar a compreensão e reflexão crítica, por parte de toda a comunidade acadêmica, acerca dos principais argumentos, significados e implicações econômicas e geopolíticas do projeto de divisão territorial do Pará, a Universidade da Amazônia reuniu especialistas para conduzir um debate sobre o tema. O evento aconteceu, ontem,  terça-feira (16) às 19h, no Auditório David Muffarrej (Unama/Campus Alcindo Cacela).

Os convidados para o debate  o Prof. Dr. Carlos Augusto da Silva Sousa (Unama); Prof. Dr. Gilberto de Miranda Rocha (Numa/UFPA); e representantes do Instituto do Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental do Pará (IDESP).

No evento, forma debatidas as realidades regionais da capital e das mesorregiões sul-sudeste e oeste paraenses, a partir de variáveis econômicas, políticas, sociais, ambientais e culturais, como densidade demográfica, investimentos públicos e indicadores de saúde e educação. A meta é refletir sobre a reordenação do território paraense até o dia 11 de dezembro, data marcada pelo Congresso Nacional para a realização do plebiscito, no qual os eleitores do Pará vão se manifestar nas urnas a respeito das propostas de criação dos Estados do Tapajós e de Carajás.

Um dos debatedores do evento, o professor doutor da Unama Carlos Augusto da Silva Souza, realizou um trabalho aprofundado sobre o tema. Intitulada “Redivisão territorial no Estado do Pará: motivações políticas e impactos econômicos e sociais”. A pesquisa, de 2010 e 2011, reúne dados das administrações públicas estadual e federal, indicadores de desenvolvimento, Produto Interno Bruto (PIB), repasses da arrecadação municipal, consumo de energia, extensão territorial, densidade populacional e de transportes, entre outros.

A palestra "A divisão territorial do Pará: interesses e implicações econômicas e geopolíticas" é organizada pelos cursos de Mestrado em Administração; Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente Urbano; Graduação em Administração; e Graduação em Ciências Sociais, da Universidade da Amazônia. (Ascom/Unama)




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Frases picantes que homens gostam de ouvir na hora do sexo

UMA CARTA PARA MEU FILHO AMADO..

ENFIM... MEUS 18 ANOS DE IDADE!!!