quarta-feira, setembro 28, 2011

CASULO


O casal se acasala
E a casa exala
O cheiro do amor
Do quarto à sala...

Esse é o caso
De quem como eu
Faz da cópula a cúpula
Sem culpa

Da arte de alcova
Na cova, na vala
Da casa de asas
Onde o amor se propala...

Não me anulo do amor
Em função do desejo
Evoluo, e te incluo
No invólucro
Do meu cortejo...

E ovulo do teu óvulo
Da úvula à vulva
(Raposa de tuas uvas!)
Na certeza de que um dia
Serás borboleta,
A nascer do meu coração-casulo!

Te adulo a viver
Meu momento de orgia
Baseado na tua magia
E na imensa alegria
De ver a alma nem sempre vazia
Onde o meu amor, eu despejo...



Prometi um poema pro seu aniversário, com a sua cara. Aí vai
Jota Ninos 

* A poesia é mágica, Ninos.
 Obrigada pelo poema.
Socorro Carvalho





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens em destaque

DANIELLE LIMA!! PARA VOCÊ, UMA CARTA DO MEU CORAÇÃO... FELIZ ANIVERSÁRIO!!!

Querida filha, Danielle Katrine Hoje, pensei em te fazer um poema!! Rimar versos para te falar do meu amor... Mas como poetizar,...