quarta-feira, setembro 21, 2011

RETRATOS DE UM PARÁ GRANDE



Não sei porque insisto em te querer, se é pelos outros que eu sei quem você é.” Esse trecho da música Deslizes do cantor cearense Raimundo Fagner, na minha opinião, é a que melhor retrata o posicionamento da grande maioria daqueles que são contrários a criação dos novos Estados (Carajás, Tapajós e Novo Pará).
A triste realidade do PARÁ GRANDE está ai para que todos vejam, e me desculpem os amigos contrários as emancipações, mais “contra fatos não existem argumentos” e os fatos estão ai demonstrados através de imagens incontestáveis.


Infelizmente o que tenho percebido neste debate é que a maior parte dos contra, são contra pelo simples fatos de terem que ter uma opinião sobre o assunto, e opinam sem nenhum conhecimento de causa. Poderia eu agora, a exemplo de outras vezes manifestar por dezenas de linhas minha indignação e revolta diante destas fotos e dos fatos. Mas não o farei.


 Irei apenas pedir para os contrários as emancipações que ao encostarem suas cabeças em seus confortáveis travesseiros, ponham suas mãos na consciência, façam uma análise reflexiva destas imagens e deixem que sua inteligência e bom senso prevaleça diante da arrogância e mesquinhez de alguns manipuladores da boa fé, para que no dia 11 de dezembro cada um de vocês possam dar o direito a liberdade para um tão sofrido povo, exercendo assim não apenas o direito ao voto, mais também um ato de cidadania demonstrando respeito e amor ao próximo.


PENSE NISSO!


Fabiano Botelho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens em destaque

Chuva que rega saudade...

O dia amanheceu chovendo. Passou nublado. A tarde chegou com um tímido  sol .  Ao meu redor,  vejo rastros de saudade a penetrar me...