quinta-feira, novembro 03, 2011

COMO VOCÊ MUDOU...


Ainda me lembro quando me apaixonei por você.
Tenho presente na memória o quanto você era grandiosa, exuberante, forte e ao mesmo tempo simples e delicada.
Suas virtudes, sua cara alegre e seu corpo aconchegante me fez apaixonar.
Era com você que tinha alegria em despertar e  em sua simplicidade encontrava a companhia perfeita para minha emoção. Era você suave e delicada.
Dentro de você tinha doçura, encanto, sorrisos sinceros e olhares serenos.
Tudo em você me era entusiasmo...
E encantada pelo seu fascínio vim me agasalhar dentro de você.
Você era um sonho! Um sonho que se fez realidade em meu coração.
Com carinho alimentamos nossa união a cada segundo de nossa existência, juntos.
Mas o tempo foi passando,  sua voz se modificou, sua simplicidade foi dragada pela aspereza e sua graça se sepultou. Minha alegria em estar com você se modificou, meu rosto ficou triste, os sorrisos se perderam.
Não sei o que aconteceu. Os sorrisos de outrora foram substituídos por falsos risos, e os olhares tão serenos deram lugar a falta de siso, disfarçada. Não tenho dúvidas você se modificou.
E tenho quase certeza que minha paixão por você se acabou.
O seu leito que antes era meu sossego, hoje ganhou um prefixo e virou desassosego.
Sua essência perdeu o aroma e do seu perfume resta muito pouco....
Sinto que segues rumo a uma realidade diferente, talvez, onde o ser  já não seja tão presente
e o ter passe a determinar o que hoje sentes.
Impregnada de egoísmo, prepotência afastou-se dos seus ideais, infelizmente.
É duro dizer isso, mas você mudou tanto que já não consigo lhe reconhecer.
O pior é que essa  estranheza vai além do meu olhar e   outros e outras lhe vêm assim também.
Não sei o que aconteceu. Talvez tenhas te perdido  em meio a uma falsa e  desvairada vaidade.
De verdadeira te tornastes superficial e o que dizes  já não soa mais tão exuberante como antigamente...
É triste mais tenho de admitir, que você mudou...
Por isso, toda minha paixão a cada  instante vai se perdendo nesse vácuo  ignorante
 em que te transformar –te ...
A flor de outrora não existe mais, se perdeu, deixou cair as pétalas e virou cacto ladeada de espinhos.
E os espinhos perfuraram minha pele...
Sua aspereza  me  machucou.
A cicatriz o tempo cura...
Quanto a você?
Bem se você perder a majestade... ai já era.

Socorro Carvalho


*A poesia é arte que, no mais absoluto silêncio, dá a chance de se  dizer o que o coração não consegue falar... ser poeta é mágico.
 Não estou apaixonada por nenhuma mulher, NÃO. 
O texto acima é  apenas mais um desabafo do meu eu-lírico...
Analise professor Neucivaldo Moreira.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens em destaque

DANIELLE LIMA!! PARA VOCÊ, UMA CARTA DO MEU CORAÇÃO... FELIZ ANIVERSÁRIO!!!

Querida filha, Danielle Katrine Hoje, pensei em te fazer um poema!! Rimar versos para te falar do meu amor... Mas como poetizar,...