quarta-feira, novembro 09, 2011

A MULHER QUE SOU

Não sou apenas mulher,
Eu sou também poesia.
Sou amor, sou coração,
E também sou fantasia.


Sou a rosa encarnada
No lindo jardim da vida.
Às vezes sou solidão,
Também choro escondida.


Sou como a ave errante,
Que busca um novo ninho.
Se amo, sempre me entrego,
Pois não vivo sem carinho.


Sou a letra da canção,
Na voz de um cantador.
O sentimento dos amantes,
Da paixão sou o calor.


Sou um poema escrito,
De um coração a sangrar.
Sou o fogo que aquece,
Sou mulher, vivo a sonhar.



Inez Freitas



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens em destaque

Chuva que rega saudade...

O dia amanheceu chovendo. Passou nublado. A tarde chegou com um tímido  sol .  Ao meu redor,  vejo rastros de saudade a penetrar me...