sábado, dezembro 17, 2011

AMOR QUEBRADO


Perfeição indistinguível em meio às tuas formas
Que de traços e curvas se compõe em estonteante harmonia.
Ó bela alma que em meu coração vagas.
Impetuosa magnitude que glorifico em minha essência vazia.


Gélida noite meu espírito contempla em ti
Por não discernir do exato, aquilo que o coração fala.
Estúpido e sombrio coração que feri
Em triste dia que uma estrela viu e sabe, mas se cala.


Puros campos verdejantes, mas não mais que teus olhos,
Janela inquieta de tua alma de segredos,
Mergulhada em si mesma e por ti fechados
Todos os caminhos teus que de mim já são ocultados.


Degrado, sub-vivo, mas ainda instigo
O sagrado desejo de em teu corpo morrer.
Cruel e maldoso caminho que agora sigo
Até a derradeira hora do completo esquecer.


Desconheço a autoria




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens em destaque

DANIELLE LIMA!! PARA VOCÊ, UMA CARTA DO MEU CORAÇÃO... FELIZ ANIVERSÁRIO!!!

Querida filha, Danielle Katrine Hoje, pensei em te fazer um poema!! Rimar versos para te falar do meu amor... Mas como poetizar,...