ESTADO DO TAPAJÓS



Ao contrário do que se apregoa como separatismo, interesse político e oportunismo, a criação do Novo Estado só trará benefícios, pois servirá para solidificar a vigilância e a soberania sobre as riquezas, proporcionando o desenvolvimento harmonioso do Brasil, gerando renda e empregos também para o povo do interior. Assim, devido à distância que separa a Região do Baixo Amazonas da capital do Pará, o futuro Novo Estado, na prática, já se constitui uma unidade com vida própria desde o Brasil Imperial.

Embora essa falta de presença do poder público em espaços distantes da capital (Belém) seja evidente em relação às áreas ribeirinhas do interior do Pará e venha impedindo há décadas o desenvolvimento econômico regional, muitos desconhecem e evitam conhecer que estados gigantescos como Pará e o Amazonas, são inviáveis do ponto de vista sócio-econômico e administrativo. Por essa razão, considero a criação do Novo Estado na região do Oeste do Pará, mais do que um projeto político, um projeto de inclusão sócio-econômico e de desenvolvimento estratégico de segurança nacional, no Norte do Brasil. 


Do artigo: Estado do Tapajós de autoria de  Djalmira de Sá Almeida.
Leia o  artigo completo AQUI




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Frases picantes que homens gostam de ouvir na hora do sexo

UMA CARTA PARA MEU FILHO AMADO..

ENFIM... MEUS 18 ANOS DE IDADE!!!