AGRICULTORES FAMILIARES PODEM SE CADASTRAR NA REDE BRASIL RURAL PARA COMERCIALIZAR PRODUTOS NA INTERNET



Objetivo é ampliar o mercado, com a venda direta ao consumidor e entrega pelos Correios

Famílias agriculturas podem se cadastrar na Rede Brasil Rural (RBR) – , ferramenta do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) que cria um canal de compras e vendas de insumos e produtos. Até 5 de março, a página eletrônica estará aberta apenas ao cadastro dos produtores. A partir do dia seguinte, estará disponível a qualquer cidadão interessado em fazer encomendas. O objetivo é ampliar o mercado para os produtos, com a venda direta ao consumidor e entrega pelos Correios. O frete será pago pelo cliente.

“A logística é muito cara e precisamos de um preço diferenciado para competir no mercado”, afirma Maria Angélica Anunciação, presidente da Coopercentrosul, cooperativa de Itabuna, na Bahia, que produz cacau, frutas e hortaliças. Angélica, que lidera 60 cooperativados, acredita que a RBR trará a chance de vender seus produtos em todo o País - hoje, por dificuldades de transporte, são vendidos apenas localmente. Para a agricultora, uma das grandes vantagens é a facilidade de usar a rede. “Ela é bem simples, e o treinamento foi bastante didático, participativo e esclarecedor”, completa.

Insumos - Ao fazer parte da Rede, as famílias podem também comprar insumos juntas, como sementes, máquinas e equipamentos. As compras coletivas ajudam a baratear o preço, reduzindo o custo de produção e tornando o produto final mais competitivo.
“A rede é bastante simples, interativa”, destaca Brígida Salgado, presidente da Cooperbio, que produz café orgânico na Chapada Dimantina. Ela explica que a cooperativa exporta parte de sua produção, mas que, com a Rede, poderá vender também para o Brasil todo.

Fonte: Site FBB
Foto: Arquivo do PRPE




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Frases picantes que homens gostam de ouvir na hora do sexo

UMA CARTA PARA MEU FILHO AMADO..

ENFIM... MEUS 18 ANOS DE IDADE!!!