sexta-feira, março 30, 2012

MEDO


O silencio exagerado me assusta...
Tenho medo de aceitar que o tempo e a distancia estejam me fazendo acostumar sem o som de sua voz,
 sem o sussurro de sua ousadia...
Já não ha tempo à poesia, nem inspiração ao poema...
As rimas estão distantes, os versos nem sei mais aonde estão...
Mais um dia se passa, somando a cronologia desse tempo que lentamente vai me roubando de ti...



Socorro Carvalho



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens em destaque

AH, ESSE AMOR!! AH, ESSE APEGO...

Ela tinha nos olhos um vislumbrar de esperança e no coração sentimentos inesquecíveis. Nas horas tristes escrevia novos versos. Li...